Kojima escolheu não portar Metal Gear Solid IV para o Xbox

Kojima escolheu não portar Metal Gear Solid IV para o Xbox

Sony não pagou pela exclusividade do título.
#Games Publicado por Vinicius, em

Embora hoje em dia tenha sido aparentemente esquecida pela Konami, a franquia Metal Gear foi sem dúvidas um grande marco dos jogos de stealth e seu quarto título principal, um dos principais exclusivos do PlayStation 3.

Compra de exclusividades de jogos não é algo tão incomum, especialmente no caso da Sony e Kojima, que sempre foram próximos. No entanto, parece que não foi bem isso que ocorreu com o jogo.

Leia Também:

  1. Norman Reedus confirma Death Stranding2
  2. Rumor indica que um Remake de Metal Gear Solid está em desenvolvimento

No livro The Ultimate History of Video Games, Volume 2, Ryan Payton, um antigo desenvolvedor da Kojima Productions, confirmou que a Sony nunca pagou por um acordo de exclusividade por Metal Gear Solid IV, mas que o próprio Kojima preferiu não lançar no Xbox.

A crença predominante na indústria era que a Sony deveria ter garantido um acordo de exclusividade para o jogo. Não era verdade. Se Kojima tivesse escolhido portar o jogo para o Xbox 360, seus chefes certamente teriam aprovado a decisão, mas ele não estava pronto para dar o salto.

No lançamento da Metal Gear Solid: Legacy Collection, Kojima já havia afirmado que o console da Microsoft ficou sem a coletânea devido ao espaço dos discos do Xbox 360. De acordo com ele, a quantidade de dados de Metal Gear Solid IV era "enorme demais" para caber nos discos.

Metal Gear Solid IV foi um dos primeiros títulos a preencher um Blu-Ray de 50 GB no PlayStation 3, enquanto o Xbox 360 utilizava DVDs de 8.5 GB, o que significa que seriam necessários cerca de seis discos para o jogo.

Fonte: Resetera
Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Publicações em Destaque