Recordar é viver: A guerra dos 4 dias no Steam e os mods pagos

Recordar é viver: A guerra dos 4 dias no Steam e os mods pagos

Relembre da história em que o Steam virou um campo de batalha entre jogadores, desenvolvedor e modders
#Artigos Publicado por Dreadnaught, em

Steam... todos os jogos que você ama em um só lugar, bem, é essa a plataforma dos sonhos e acessível para todos os usuários de PC, se tornando a número 1 do mercado de jogos digitais. Mas como conseguiu esse sucesso todo? Como todo serviço, sempre é iniciado do zero, primeiro começa a comercializar os seus próprios produtos, crescer graças ao sucessos deles, investe no serviço para melhorar a qualidade da loja para o consumidor e abrir portas para outras desenvolvedoras a vender seus jogos em sua plataforma, no final, se tornando a maior plataforma beneficiadora tanto para empresa quanto para cliente. Mas, qual seria o limite em querer lucrar sem afetar a relação com os dois lados? Bom, pois houve um evento inoportuno por parte da Valve Corporation na criação de um serviço, que ao seu olhar, beneficiaria para os jogadores e desenvolvedores quando o assunto é a criação de mods, mas com uma pequena adição: MODS PAGOS... foi a partir dai, uma guerra insana dentro do Steam começou...

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmt5bS1jZG4uY29tL3Bob3Rvcy9pbWFnZXMvb3JpZ2luYWwvMDAwLzk1My85NzgvNWRmLnBuZw==

O início da guerra dos mods pagos

No dia 23 de Abril de 2015, a Valve anunciou que os modders poderiam cobrar dos usuários, através do Steam Workshop para baixar addons de jogos, com o Steam recebendo 75% da receita com cada transação (dentro deste 75%, 25% era repassado pra Bethesda). Com o começo de toda insanidade, The Elder Scrolls V: Skyrim foi o primeiro a implementar esta mecânica, mesmo sendo um jogo de 2011, ainda era um sucesso avassalador em jogadores simultâneos e vendas. Mas, como todo fogo queima, a comunidades de jogadores e vários grupos externos, lançaram uma campanha contra os mods pagos, ganhando apoios avassaladores de youtubers e outros influenciadores que aderiram a campanha contra essa prática.

No dia seguinte, várias mídias de noticias começaram a perceber que estava rolando uma guerra dentro do Steam, onde jogadores, desenvolvedores e modders se "enfrentavam". Como não era de se esperar, começou a circular artigos com compilados de vários mods meme de Skyrim dentro do Steam Workshop, incluindo uma penca de mods inúteis sendo vendidos por valores orbitantes, até o [REDACTED] do Gabe Newell não escapou dessa, colocado a venda pra quem quiser pagar por US$100, só os mais devotados da Valve com certeza compraram esse mods, brincadeira. Não isso, como era algo novo na plataforma, a vigilância para que o criador original de um mod que ele criou não seja copiado e monetizado, era literalmente nula, onde outros usuários pegavam mods dentro do Workshop ou em sites de terceiros e colocava dentro da plataforma Steam cobrando altos valores e ainda alegando ser o criador do tal conteúdo roubado.

Slide https://i.kym-cdn.com/photos/images/original/000/954/988/f65.png;;;;;;https://i.kym-cdn.com/photos/images/original/000/953/740/915.png;;;;;;https://i.kym-cdn.com/photos/images/original/000/953/988/920.png;;;;;;https://i.kym-cdn.com/photos/images/original/000/954/373/8d5.jpg;;;;;;https://i.kym-cdn.com/photos/images/original/000/954/429/608.png;;;;;;https://i.kym-cdn.com/photos/images/original/000/954/617/5a0.png

O fim dos mods pagos

Em incríveis 4 dias de guerra, caos e memes, no dia 27 de Abril de 2015, o Steam anunciou que havia removido funcionalmente os mods pagos, afirmando que quem pagasse por qualquer mod seria reembolsado. A Bethesda publicou um post no blog para explicar sua posição sobre mods pagos. Segundo a Valve, o intuito do programa foi ser criado com boas intenções, mas foi cancelado devido ao feedback dos clientes. Além disso, a Valve postou sua declaração oficial no subreddit /r/pccmasterrace, onde obteve mais de 4.900 votos (97% upvoted) e 3.300 comentários nas primeiras 18 horas. Em termos mais informais, não aguentou nem 10 minutos de porrada.

Fizemos isso porque está claro que não entendemos exatamente o que estávamos fazendo. Temos lançado muitos recursos ao longo dos anos com o objetivo de permitir que os criadores da comunidade recebam uma parte das recompensas e, no passado, eles foram bem recebidos. É óbvio agora que este caso é diferente.

Para ajudá-lo a entender o por que achamos que isso era uma boa ideia, nossos principais objetivos eram permitir aos criadores de mods a oportunidade de trabalhar em seus mods em tempo integral, se quisessem, e incentivar os desenvolvedores a fornecer melhor suporte às suas comunidades de mods. Achamos que isso resultaria em mods melhores para todos, tanto gratuitos quanto pagos. Queríamos que mais mods ótimos se tornassem ótimos produtos, como Dota, Counter-strike, DayZ e Killing Floor, e queríamos que isso acontecesse organicamente para qualquer criador de mods que quisesse tentar.

Mas subestimamos as diferenças entre nossos modelos de compartilhamento de receita anteriormente bem-sucedidos e a adição de mods pagos ao Workshop de Skyrim. Entendemos muito bem as comunidades do nosso próprio jogo, mas entrar em uma comunidade de mods estabelecida há anos em Skyrim provavelmente não era o lugar certo para começar a iterar. Achamos que isso nos fez errar bastante o alvo, embora acreditemos que há um recurso útil em algum lugar aqui.

Agora que você colocou um caminhão basculante de feedback em nossas caixas de entrada, estaremos analisando isso, mas se você tiver mais alguma opinião, avise-nos.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmt5bS1jZG4uY29tL3Bob3Rvcy9pbWFnZXMvb3JpZ2luYWwvMDAwLzk1NC84NTEvZDU1LmpwZw==

Mas refletindo diante do ocorrido, o site Nexus Mods foi a maior beneficiadora, se tornando uma rival do Steam Workshop, de forma menos restritiva e ainda propõe a opção em ajudar o criador de mods de forma opcional. Nexus Mods faz sucessos com Skyrim, Fallout, Monster Hunter, Resident Evil, Cyberpunk 2077 e entre outro títulos importantes.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy83NC8wNzMyMjQuanBn

Dentadura! Se correr o bicho pega e se ficar o bicho come!

Por fim, os mods sempre foram uma interação social criativa exclusiva de usuário para usuário, onde todo um público se interage em criar conteúdos para satisfazer os seus maiores desejos ou até mesmo necessidades em consertar defeitos persistentes nos jogos na qual os desenvolvedores se mostram leigos e despreocupados em consertar. Mas querer criar um controle em algo que foi culturalmente desenvolvido com um paywall, é pra pedir criar problemas desnecessários, mas no final, o Steam Workshop continua firme e forte sem criar restrições, alimentando o desejo incomum de cada jogador, como por exemplo, o Shrek Tank do Left 4 Dead 2, legitimamente uma obra prima. Mas o que vocês me dizem? Mods é vida? Comentem ai abaixo!

Dreadnaught
Dreadnaught #DreadnaughtBR

Um simples ser humano que adora jogos de forma geral, mas com um foco para jogos de computador, Steam é vida!

Moderador do Site
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque