Dattebayo!
Publicado por Charzito Returns, em .
Os fãs de anime sabem que existem duas maneiras de assistir nossos shows: através de dublagens ou legendagem. A dublagem se refere ao processo de remoção da trilha vocal japonesa original de um determinado anime e substituí-la pela língua nativa de alguém. Legendagem refere-se às legendas colocadas na parte inferior do programa para que o público possa ler enquanto a ação ocorre ao fundo.

Algumas pessoas preferem completamente assistir anime dublado ao invés de anime legendado, o que é bom, por várias razões. Algumas pessoas não gostam de ler enquanto tentam assistir ao programa e sentem que as legendas os distraem do que está acontecendo. Outras pessoas preferem assistir ao show em sua língua nativa. E se você é como eu, você pode ter começado a assistir a um anime dublado específico, como Dragon Ball Z, e agora parece estranho assisti-lo em japonês. Seja qual for o caso, todos têm uma preferência na forma como escolhem assistir aos animes. Mas, a luta de assistir anime legendado é muito melhor do que assistir anime dublado por uma série de razões relacionadas principalmente à natureza matizada do japonês, uma linguagem que perde suas nuances quando o anime é dublado.

1. Não se traduz tão bem para a outra língua


Clique para ver a imagem em tamanho original

Algo não parece certo


Cada idioma tem palavras que significam algo diferente com base no contexto, dialeto, frase ou estilo de falar. Muitas palavras em si tem vários significados diferentes dependendo de onde se encontra. Japonês funciona da mesma maneira. Por exemplo, Naruto é conhecido pela frase Dattebayo, que sempre traduziríamos por "Acredite!" Mas Dattebayo não se traduz necessariamente em “Acredite”. Naruto usa isso como uma espécie de afirmação - mais no sentido de "você sabe". Depois de um tempo, a versão dublada parou de incluir a frase por completo, o que tirou Naruto como personagem. Mais sobre essa ideia mais tarde.

2. O uso de honoríficos


Clique para ver a imagem em tamanho original

Está ficando confuso


Nós os ouvimos o tempo todo quando estamos assistindo anime: -san, -chan, -kun. Todos esses títulos honoríficos têm significados diferentes e podem dizer muito sobre como um personagem se sente em relação a outro personagem com base no título honorífico que eles usam. Por exemplo, digamos que Naruto (é um dos animes mais populares, então perdoe os exemplos constantes de Naruto) usa o sufixo -kun, que ele geralmente usa quando fala com Sasuke, com Kakashi. Isso implicaria em alguma forma de desrespeito, porque Kakashi é mais velho e deveria ser o professor de Naruto. Às vezes, também encontramos esse problema em português. O uso de nomes próprios é extremamente informal e pode ser considerado desrespeito. Em japonês, a mesma nuance é aplicada ao usar títulos honoríficos.

3. O uso de partículas de terminação de sentença


Clique para ver a imagem em tamanho original

Em japonês, as partículas que encerram a frase geralmente podem fazer ou quebrar qualquer sentença. Por exemplo, digamos que Naruto estivesse tendo uma conversa sobre o quão bonita Hinata é. Se Naruto dissesse, "Hinata san kirei desu yo", isso se traduziria em "Hinata é bonita!" A finalização –yo implica algum tipo de ênfase. Se ele dissesse: “Hinata san kirei desu ne”, isso se traduziria em: “Hinata é bonita. Não é? " A desinência -ne sugere que o falante está procurando alguma confirmação da outra pessoa. Sim, eu sei que você pode estar pensando que as partículas podem ser facilmente traduzidas para o português; e, portanto, nada do significado é perdido, certo?

4. Os maneirismos dos personagens podem ser perdidos


Clique para ver a imagem em tamanho original

Nani!?


Para muitos personagens, a partícula final é uma parte primária de quem eles são como personagem. Lembra-se em #1 quando eu disse que remover a frase Dattebayo tirou Naruto como personagem? Naruto usa muito a terminação -yo. É porque ele tem um caráter ousado, impetuoso e ruidoso. Mas conforme a história se desenvolve, vemos que Naruto tem muita raiva, ressentimento e dor ocultos e usa o personagem -yo não apenas para afirmar suas declarações para os outros, mas também para si mesmo. Em One Piece, Trebol, um dos oficiais de elite de Doflamingo, usa constantemente a terminação -ne. Se usado de forma consistente, pode se tornar muito irritante e sugerir que você está tentando esfregar algo no rosto de alguém. O final influencia muito quem é cada personagem e, dependendo do que é usado, diz muito sobre os tipos de personagens e personalidades.

5. As dublagens às vezes mudam e afetam o significado do anime


Clique para ver a imagem em tamanho original

Censura


Em muitos casos, o anime dublado pode ser alterado para acomodar o público infantil. Mas, isso pode significar mudar todo o significado do anime e as personalidades de alguns de seus personagens mais importantes. Dragon Ball Z é o melhor exemplo de como as coisas podem ser completamente diferentes quando o idioma do programa muda. Na versão dublada de Dragon Ball Z, Goku soa como um homem adulto, com uma voz parcialmente profunda. A maneira como ele age pode ser vista simplesmente como um pai brincalhão. Mas, na versão japonesa do anime, Goku soa como uma criança. Esta foi obviamente uma escolha de personagem pelos criadores do anime. Sua voz nos dá uma perspectiva completamente diferente de como vemos Goku como um personagem. Não é que ele seja simplesmente um pai brincalhão; ele é na verdade uma criança. E é por isso que ele foge de suas responsabilidades e prefere treinar do que trabalhar. Ele é exatamente como seus filhos.
-Funky-
Charzito Returns #-Funky-
The Second Coming of Char.
Moderador do Site, 26 anos, Principality of Zeon
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.