Chrono Cross no PS5 entrega performance pior do que o original de PS1

Chrono Cross no PS5 entrega performance pior do que o original de PS1

Mais um remaster vergonhoso da Square Enix
#Games Publicado por Vinicius, em

A Square é certamente uma empresa que adora revitalizar seus jogos antigos, seja através de remakes completos ou remasterizações mais simples, como foi o mais recente caso de Chrono Cross.

Esse remaster trouxe diversas melhorias para o jogo original, como o modelo dos personagens que teve um grande upgrade e as artes 2D que foram completamente redesenhadas. Os cenários também tiveram leves melhorias através de um IA de upscale.

Leia Também:

  1. Kingdom Hearts 4 é oficialmente anunciado pela Square Enix
  2. Square Enix registra a marca Tactics Ogre: Reborn

Ainda assim, de acordo com o Digital Foundry, esse remaster está longe de ser perfeito. A cutscene de abertura sofreu uma melhoria, tendo agora uma resolução maior e um texto mais nítido. No entanto, parece que a Square Enix não perdeu tempo fazendo o mesmo com as outras cutscenes do jogo, as quais se mantêm iguais as do original.

O novo gráfico do jogo também apresenta problemas. O upscale realizado acabou trazendo alguns artefatos em certas partes do cenário e até mesmo um padrão incomum em certos objetos, como placas das lojas.

Já o grande problema desse remaster parece ser sua performance. De acordo com o site, o frame-rate das versões de PS5 e Switch conseguem ser até mesmo inferiores ao jogo original de PS1.

Os problemas já se demonstram no corredor inicial do jogo, o qual se mantém em 30fps no original, mas nessa nova versão chega a ter quedas para 20fps. E esse nem é o pior, já que cenários mais exigentes acabam tendo quedas para 15 até 10 fps.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy83MS8wNzA1MDEuanBn

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy83MS8wNzA1MDIuanBn

É claro que o jogo original não rodava perfeito, tendo quedas no PS1, como o site lembra de frisar. No entanto, um remaster de um jogo tão antigo tendo desempenho até mesmo pior em algumas cenas em plataformas modernas é algo um pouco preocupante.

O jogo ainda conta com um visual modo clássico, onde apresenta os mesmos gráficos do original, mas por incrível que pareça, os consoles ainda não conseguem se manter fixo em 30fps. Nesse modo, o jogo apresenta uma performance bem similar ao jogo rodando no PS1, com as batalhas tendo quedas para 15fps.

Para piorar ainda mais essa situação, ambos os modos visuais apresentam engasgos durante as batalhas, em especial na pose de vitória após o combate, que não estavam presentes na versão de PS1.

E qual seria o motivo dessa performance desastrosa? O Digital Foundry teoriza que esse remaster pode na verdade estar rodando como um jogo de PS1 emulado, em vez de ter sido feito nativamente para os novos consoles.

Prova disso é o fato de que no menu de salvar do jogo existe a presença de memory cards virtuais, enquanto na versão de PC, é possível notar que no diretório de instalação mostra dois arquivos para cada disco físico do original.

cEZuWXo1SjZrWEE=

Por falar no PC, o problema de desempenho também afeta a plataforma. O jogo também conta com diversas quedas para até 15 fps, mesmo em placas mais fortes, como uma TITAN RTX.

Seja qual for o motivo, é realmente vergonhoso o estado que o jogo encontra-se atualmente nos consoles atuais. Resta aguardar para saber se a Square Enix irá trazer alguma atualização para consertar tais problemas.

No momento, o Digital Foundry ainda considera a versão original a melhor forma de apreciar esse clássico dos JRPG.

Fonte: Eurogamer
Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por DreadnaughtBR,
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por coca,