Craig Mazin está trabalhando ao lado de Neil Druckmann
Publicado por Mateus, em .
Durante entrevista ao site da BBC, Craig Mazin (Chernobyl) afirmou que não irá remover elementos importantes de "The Last of Us" na adaptação do HBO. O roteirista, aliás, destacou que está trabalhando próximo ao criador da franquia, Neil Druckmann.

"Acredito que os fãs de algo como ‘The Last of Us’ ficam preocupados quando uma adaptação é anunciada, especialmente quando acaba sendo feita por pessoas que não entendem da propriedade e seus personagens. Mas, nesse caso, estou trabalhando com Neil, que é o criador da franquia."

Explicou.

"As mudanças que estamos discutindo serão apenas para cobrir lacunas e expandir a história, e não o contrário."

O criador, roteirista e diretor criativo do game, Neil Druckmann, está envolvido na produção e trabalhará ao lado de Craig Mazin, criador da série limitada Chernobyl. O projeto é uma coprodução da HBO com a Sony Pictures Television e será a primeira série de televisão da PlayStation Productions.

Originalmente lançado em 2013, The Last of Us foi aclamado pela crítica por sua fascinante história pós-apocalíptica, centrada no relacionamento entre Joel, um contrabandista neste novo mundo, e Ellie, uma adolescente que pode ser a chave para uma cura para a pandemia mortal.

Joel é contratado para contrabandear a menina de 14 anos de idade de uma zona opressiva de quarentena. O que começa como um pequeno trabalho logo se torna uma jornada brutal e comovente, pois ambos precisam atravessar os EUA e depender um do outro para sobreviver.

A série da HBO cobrirá os eventos do jogo original, que foi escrito por Druckmann, com a possibilidade de conteúdo adicional baseado na sequência do jogo, The Last of Us Part II.
theMateusmaster
Mateus #theMateusmaster
Jogando de tudo em qualquer plataforma xD
Usuário do Site, 24 anos, Sorocaba
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.