.
9

Análise do jogo "Quake III: Arena" para PC escrito por Outer Space

Escrito por Outer Space, nota 9 de 10, enviado por Giordano Trabach,
Pra você que está a procura de uma história profunda e envolvente segue um conselho: Vá ao Teatro. Porque assim como o recém-lançado Unreal Tournament, Quake 3 é um jogo dedicado exclusivamente ao confronto online entre jogadores. Isto é& 133; não existe nenhum tipo de enredo por trás do jogo, não existe o bem ou chefão mal no final da fase. ?? você contra todos e todos contra você, onde seu único objetivo é sobreviver por mais tempo e abater mais adversários (advertência aos mentalmente pertubados), virtualmente é claro! [t1]Just Shoot It[/t1] O frenesi online também pode ser experimentado sem maiores onerações à sua conta de telefone. Existe um modo no qual o computador simula o comportamento de vários jogadores como você estivesse jogando pela internet ou rede. Apesar de tal característica não ser novidade nenhuma neste gênero, a inteligência artificial aguçada dos jogadores virtuais fornece um excelente desafio até mesmo para os mais viciados. Além de controlar os jogadores, o programa ainda manda mensagens e caçoa de sua performance, fato que só vem acrescentar à simulação da atmosfera online. No quesito prazer ao jogar, devemos analisar o jogo sob duas perspectivas: a do modo multiplayer online e offline. Sob o modo offline podemos verifcar uma boa jogabilidade, mas diante do seu concorrente mais direto, Unreal Tournament, Quake 3 se mostrou menos divertido. Prepare-se para malhar seus pulsos e dedos como nunca. Na jogatina online, Quake 3 desnuda a sua melhor e mais agradável face. De alguma forma, o ritmo frenético presente nos outros dois títulos da série foi acentuado. Com o advento das conexões mais modernas e modems mais rápidos, você poderá ter uma das melhores experiências gamísticas da sua vida. [t1]Arsenal empoeirado e gente esquisita[/t1] O arsenal bélico é um dos pontos que deixaram a desejar. Todas as armas seguem o conceito original do primeiro jogo da trilogia, fato inadmissíssel diante das opções oferecidas por jogos como Turok. Apesar dos belos efeitos de luz que elas geram, a falta de criatividade é um fator negativo que não pode deixar de ser levado em conta. Os personagens a serem escolhidos são os mais inusitados. Um olho com braços e pernas, um esbelto esqueleto, amazonas com belos bustos e humanóides são algumas das opções que estão a sua disposição no quadro de atletas de Quake 3. [t1]O estilo arquitetônico do Nerdievalismo[/t1] A derrota é principalmente fruto da falta de inspiração dos arquitetos digitais ao desenhar as fases. Todas elas seguem aquele cansativo tipo de ambiente medieval hi-tech que resolvi chamar de "nerdieval". Definitivamente não me apetece. Por outro lado devemos reconhecer e agradecer a incorporação de elementos biológicos no cenário, como na notória cena que uma boca que serve como porta e uma língua como capacho. [t1]O banquete visual[/t1] Porém, o sistema gráfico desenvolvido pela ID Software continua sendo o que há de mais moderno em jogos de tiro em primeira pessoa. Na posse de uma boa placa 3D e uma máquina veloz pode-se vislumbrar um suave e fluído banquete de sangue digital, fumaça multi-colorida, belas luzes e texturas detalhadas. Este sistema demonstra claramente um grande avanço diante do maquinário por trás de Quake 2. [t1]O Veredicto:[/t1] Este terceiro episódio da série Quake basicamente manteve a fabulosa fórmula que vem dando tantas Ferrari???s para os funcionários da ID. Os gráficos revolucionários, o nerdievalismo e a jogabilidade primorosa mais uma vez marcam presença e garantem mais um título de qualidade para os fãs dos jogos de ação em primeira pessoa. Viciante, frenético e soberbo. [t2]Prós:[/t2] + Jogabilidade bem acima da média, tanto online quanto offline; + Inteligência "artificial" realísta; + Gráficos impressionantes; + Amazonas peitudas; [t2]Contras:[/t2] - Nerdievalismo; - O arsenal carece uma plástica; - Requer uma máquina bem equipada.
Fonte: Outer Space
Giordano Trabach
Enviado por Giordano Trabach
Membro desde
23 anos, Espírito Santo
label