.
7

Análise do jogo "Colin McRae Rally 3" para PC escrito por Outer Space

Escrito por Outer Space, nota 7 de 10, enviado por Giordano Trabach,
Colin McRae, o escocês voador, hoje em dia está mais para o escocês comedor de poeira, tendo levantado um caneco da WRC (o campeonato mundial de rali) pela última vez em 1995. Mas o jogo que leva o seu nome continua muito prestigiado na Europa e agora, na terceira versão, vem com promessas de gráficos revolucionários e a melhor jogabilidade do gênero. Será mesmo? [t1]Mais que um simulador de rali, um simulador de McRae[/t1] Colin 3 começa muito bem, com uma apresentação de bom gosto e menus num estilo bem original e bonito, similar ao do jogo anterior da série. Porém, as opções de jogo aqui são bem escassas, não oferecendo mais que o modo de campeonato, onde você corre com o Ford Focus de McRae e o ???Stages???, onde pode experimentar outros carros livremente pelas diversas pistas. O nome Colin McRae desta vez não serve apenas para atender às necessidades de marketing da Codemasters, mas é a razão de ser do modo Championship, que é a nata do jogo. Este modo te coloca como o piloto do time Ford (ou seja, o próprio McRae), disputando o campeonato mundial de rali de velocidade. Não há opção de participar pilotando por outro time, ou seja, goste você ou não do escocês voador, este é o Rali de Colin McRae, e você terá que jogar na pele dele. A limitação nas opções de jogo pode desagradar principalmente aqueles que esperam um jogo de rali clássico, com mais autonomia, modos arcade, etc. A experiência é restrita ao rali de velocidade real, isto é, com um carro numa pista estreita por vez, tentando fazer o percurso no menor tempo possível. Não há modo arcade com outros carros na pista, a la Sega Rally. De certa forma, é um jogo comprometido com o realismo e com a figura de McRae. [t1]Dirigindo o Ford Focus[/t1] Além da apresentação bonita, Colin 3 tem uma ambientação bem interessante para um jogo de rali. No começo de cada corrida do campeonato você vê a apresentação do carro, a partida dos pilotos concorrentes, e toda a movimentação da equipe, em modelos 3D, no cenário da prova. Já a corrida em si é um misto de bons e maus momentos. Dirigir o Focus de McRae não é muito difícil. O carro responde rapidamente ao controle (às vezes até rápido demais), e o co-piloto participa ativamente, dando informações preciosas sobre o que está por vir nos próximos metros de pista. A dirigibilidade é polêmica. Particularmente, não gosto muito do jeito leve do carro, com pouca inércia, e exageradamente propenso a derrapar, dando a impressão de que o centro de gravidade está no lugar errado. Não é a pior nem a melhor que já vi, digamos que seja apenas boa. Na dúvida, acho melhor você experimentar o demo e ver se o estilo te agrada. O jogo tem um sistema de danos muito bem feito. Cada parte do carro pode ser visualmente e ???jogabilisticamente??? afetada numa batida. Se batemos de lado numa pedra, por exemplo, você pode ver a porta soltar e bater de volta. Se bate de frente, o capô pode ficar solto, aí basta encontrar uma rampa no caminho e voar para, na aterrissagem, ver a tampa se desprender totalmente. E se danificar o escapamento, o barulho do carro, e a performance são alterados. Você pode ir correndo cada trecho da prova com o carro despencando e cada vez mais perdendo performance, até que uma etapa é completada e os mecânicos automaticamente reparam a máquina. ?? uma pena que não haja opção de reparar cada parte de acordo com as suas prioridades, como é comum nos jogos deste estilo, mas, vamo lá... Graficamente o jogo também tem bons e maus momentos. O cenário é bem realista na modelagem, realmente inspira a pilotagem, mas há uma impressionante falta de efeitos de luz e bumb-maping, o que dá um aspecto chapado e não muito bonito a tudo. Roda suave e tem um efeito de poeira bem feito, entretanto. [t1]O Veredicto:[/t1] Colin McRae 3 é uma boa opção para os fãs de um ralizinho básico, embora faça algumas estranhas restrições nos modos de jogo, gráficos e dirigibilidade. O sistema de danos é bem interessante e o modo Championship, embora limitado à equipe Ford, é extenso e atraente o suficiente para proporcionar boas emoções. [t2]Prós:[/t2] + Apresentação bonita; + Sistema de danos bem interessante; + Modo Championship extenso; + Cenários bem modelados. [t2]Contras:[/t2] - Raríssimos efeitos de luz; - Poucos modos de jogo. Campeonato limitado à equipe de McRae; - Física do carro poderia ser bem melhor.
Fonte: Outer Space
Giordano Trabach
Enviado por Giordano Trabach
Membro desde
23 anos, Espírito Santo
label