.
9

Análise do jogo "Evolve" para XONE escrito por IGN

Escrito por IGN, nota 9 de 10, enviado por X-50,
Numa época em que "garantir a melhor experiência possível ao jogador" é a meta a alcançar para todos os estúdios de produção na indústria dos videojogos, são muito poucos os que conseguem fazê-lo com uma abordagem distinta, diferente. Evolve aproxima-se dessa premissa, como se fosse a primeira vez que mudámos de casa quando miúdos, onde móveis, disposição das divisões, o cheiro a tinta fresca, tudo era novo e diferente. Não pela originalidade do jogo, é um multijogador como já a Turtle Rock Studios nos habituou com Left 4 Dead, mas sim pela ideia e conceção do multijogador. Um quatro-contra-um, com armas se formos caçadores, garras se estivermos sozinhos no papel de monstro. Dois papéis bastante distintos, com sistemas de jogo diferentes que convivem sobre o mesmo teto. A ideia brilhante neste multijogador é a oportunidade que nos é dada de ser o mau da fita, o carnívoro que evolui ao longo do tempo de jogo, que o torna uma ameaça cada vez maior. É este o conceito que o torna diferente. Trata-se de um título de ação tática, onde os quatro humanos assumem um papel diferente entre si, com habilidades que se complementam e devem cooperar ativamente para poder levar de vencido o "pequeno" monstro. Poderia ser uma adaptação do que já vimos várias vezes, como as diferentes classes em Team Fortress ou mesmo os quatro elementos de Left 4 Dead - com a particularidade de que apenas mudam de pele. Mas, no entanto, Evolve permanece fresco e novo, culpa da atmosfera e da história simples do aclamado título: os monstros devastam o planeta Shear e os caçadores, em grupos de quatro, tentam ajudar a população sobrevivente a escapar. E a narrativa fica por aqui. Não entra em detalhes sobre o planeta, nem sequer a sua história, mas define bem todos os personagens, com carácter e habilidades bem distintos. Há um total de doze personagens divididos em quatro classes: Assault, Support, Medic e Trapper, cada classe com três personagens com as mesmas habilidades, contudo, o diálogo, as armas e os dispositivos diferem entre eles. No início apenas uma personagem estará disponível, as restantes vamos desbloqueando à medida que melhoramos as nossas estatísticas. As personagens são, elas próprias, uma distinção entre os jogadores mais e menos experientes. Para desbloquearmos a segunda personagem de cada classe temos de obter uma estrela em cada uma das quatro habilidades da personagem inicial. Embora possa parecer um pouco chato, significa que um jogador que tenha Hyde (a segunda personagem da classe Assault), em princípio será mais experiente que outro que apenas tenha Markov, pelo menos nesta categoria. Tudo isto, juntamente com o núcleo sólido de Evolve, torna o novo trabalho da produtora especial. Este núcleo é composto por quatro modos de jogo na vertente online e offline: Hunt, Rescue, Nest e Defend. O primeiro modo consiste na perseguição dos caçadores ao monstro, com este último a ter que evoluir prontamente para tomar uma de duas opções para sair vitorioso: enfrentar os caçadores ou destruir uma rede de energia. O segundo coloca as duas equipas numa corrida para um conjunto de sobreviventes que chega em três vagas, o monstro tem de matá-los, os caçadores salvá-los. Por sua vez, Nest consiste na proteção ou destruição de ovos, onde o monstro pode fazê-lo na companhia de um servo que retira de um dos ovos. Por fim, Defend começa com o monstro na sua fase de evolução máxima com a missão de destruir várias estações de energia, com a ajuda de algumas criaturas. O modo Evacuation combina todos os modos descritos em cima, oferecendo alguma coesão à proposta, com uma mini-campanha de cinco jogos que acrescenta algumas diferenças jogo após jogo, dependendo de quem saiu vencedor na partida anterior. Divertido e variado muito por culpa dos doze mapas existentes, embora não sejam o único elemento de diferenciação e que nos conferem alguma variedade de ação em Evolve. [B]Apanha-me se puder[/B] É muito complicado medir a duração de Evolve, visto que depende exclusivamente do tipo de jogabilidade que preferimos, seja como caçador ou mostro, mas talvez uma dezena de horas sejam precisas para desbloquearmos todo o conteúdo que o jogo nos oferece. Para além disso, tudo dependerá da recetividade da comunidade, visto a componente online ser a mais divertida e pela qual o jogo foi criado. Entrarmos no espírito de rangers solitários torna a aventura menos entusiasmante, o oposto de jogar com desconhecidos e amigos, uma verdadeira delícia, onde a coordenação com os vários elementos da equipa pode ser feita através do chat incorporado no jogo, por voz ou texto. Jogar na pele do monstro é um trabalho de paciência e conhecimento total das nossas habilidades. Em contraste com a outra metade do jogo (os caçadores), o bicho é visto na terceira pessoa e com controlos próprios e diferentes dos quatro adversários. A mecânica da personagem vai evoluindo à medida que praticamos, com o objetivo de tornarmo-nos mais fortes e destrutivos. E é esse mesmo o papel do monstro, ser furtivo enquanto evoluímos para depois atacar na altura certa. Embora Evolve possa ser jogado ao gosto de cada um, é um título com invejável profundidade, repleta de estratégias para serem implementadas por parte a parte. Neste sentido, a Turtle Rock Studios fez um trabalho soberbo, oferecendo uma jogabilidade progressiva e complexa. É o contraponto perfeito a jogos como Call of Duty, no sentido em que oferece um trabalho mais sensato e trabalhado à ação, passada em mapas com lagos ácidos, descampados, cavernas, passagens estreitas, chuva e neve. Este conhecimento dos cenários acaba por ser mais um ponto chave para a vitória. De referir também que, apesar de ser um jogo multijogador pensado para jogar online, Evolve possui dá-nos a oportunidade de enfrentarmos a IA e criar os nossos jogos particulares, onde podemos escolher tanto o modo de jogo como o cenário, bem como a agressividade das criaturas controladas pelo computador, entre outros elementos que influenciam o gameplay, garantindo-nos um sistema de criação bastante flexível. Ao jogarmos a solo, os bots acompanham-nos a maior parte das vezes. Em termos técnicos, Evolve goza de um acabamento simplesmente perfeito. O facto de ser adiado acabou apenas por beneficiar a experiência, onde dificilmente encontraremos um bug (em todo o tempo que joguei, não me recordo de um único), em que o rendimento do motor gráfico é simplesmente brilhante (CryEngine). Tudo junto, é justo afirmar que Evolve é um título de nova geração praticamente de ser replicado na antiga. Para completar, os efeitos sonoros são deliciosos, bem realizados e fortes, embora os comentários dos humanos tendem a repetir-se ao longo do jogo. Evolve não é um jogo para todos os públicos, o mesmo que se passou com outros títulos da companhia, mas cumpre exatamente tudo a que se propôs durante a sua produção. Adiciona uma boa dose de intensidade e entretém durante várias horas certamente, com 12 personagens e mapas e um sistema de progressão que nos mantém agarrados às armas ou garras do jogo. Uma pequena ressalva ao conteúdo pago dentro do jogo, nada é pay-to-win, tratando-se de modificações estéticas das nossas armas e personagens. [B]VEREDITO[/B] Evolve é um jogo único, agradável e divertido. Promove a cooperação entre os jogadores e deixa de lado todas aquelas histórias engraçadas passadas com os amigos em Left 4 Dead. Fica um pouco preso aos quatro modos de jogo que oferece, mas convence com o sistema de desbloqueio. Um diamante em bruto que certamente seráa lapidado com o passar do tempo. [B]Pontos positivos:[/B] +Originalidade +Sistema de progressão +Profundidade jogável [B]Pontos negativos:[/B] -Pouca variedade no modos de jogo
Fonte: IGN
X-50
Enviado por X-50
Membro desde
21 anos, Nova Friburgo
label