.
6

Análise do jogo "The Adventures of Tintin: The Game" para Wii escrito por GameVicio

Escrito por GameVicio, nota 6 de 10, enviado por Anônimo,
As Aventuras de Tintim, adaptação cinematográfica da obra de Hergé, ganhou uma versão em game, pelas mãos da Ubisoft. Com uma versão brasileira, com legendas e menu em português, testamos a versão para Nintendo Wii (o game também possui versões para PC, PS3 e XBox 360) e daremos a resposta se este game escapou de ser mais uma entre tantas outras adaptações fracas de games baseados em filmes. [img]hide:aHR0cDovL3dwdXBsb2Fkcy5hcHBhZHZpY2UuY29tL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDExLzEyL0ZlYXR1cmVkNDAtNjQyeDQzMS5qcGc=[/img] [t1]Gráficos e Som[/t1] Como se trata de uma versão para Nintendo Wii, não podemos esperar texturas em alta definição. Tendo isso em mente, não podemos reclamar muito. As Aventuras de Tintim possui gráficos aceitáveis e coloridos, dentro de suas limitações de hardware. Seus personagens possuem uma boa movimentação e lembram bastante os vistos no filme. [img]hide:aHR0cDovL3N0YXRpYzkuY2RuLnViaS5jb20vZW4tR0IvaW1hZ2VzL1RUX0ZsZWFfTWFya2V0XzJfT05MSU5FXzYyMHgzNTB0Y20yMTE4Mzg4LmpwZw==[/img] As vozes dos personagens merece destaque, com uma boa dublagem, ainda que em inglês. Se você conhece o suficiente dos personagens e sabe falar inglês, não é difícil captar muitas falas e jargões dos personagens, em especial do Capitão Haddock. As músicas no game servem para nos ambientar a cada situação e funcionam bem, embora nada que se destaque se comparado aos demais games que temos no mercado. Já os efeitos sonoros são fracos e repetitivos. Depois do quarto ou quinto inimigo que você derrubar, os "Whack" e "Bam" começam a enjoar. [t1]Historia[/t1] A trama central do game é a mesma do filme: o tesouro perdido do licorne. Sem dar muitos spoilers, tudo gira em torno de um enigmático bilhete encontrado num modelo de escuna, comprado por Tintim (no Brasil, o nome foi adaptado com M o final, embora o original seja Tintin, com N). Acredita-se que o bilhete poderá levar ao tesouro perdido do Licorne. O único problema é que não é apenas Tintim que estará atrás deste tesouro. [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=lAHrqesp79M[/youtube] Agora, se você acompanha a relação que games e filmes possuem, sabe que é na história que surge um dos problemas mais comuns nessa relação. E com As Aventuras de Tintim, isso não foi muito diferente, embora nada tão grave. Muito do que se vê no game não ocorre no filme. Pelo menos não da mesma maneira. E não é preciso jogar muito tempo para se perceber. O próprio fato de como Tintim encontrou o bilhete já dá a entender de como o filme foi adaptado para os games, a fim de criar maior interação entre o gamer a trama. [t1]Jogabilidade[/t1] O game não utiliza muito dos recursos do Wiimote, sendo utilizado apenas em momentos específicos, como em lutas contra inimigos. Lutas, aliás, que podem ser uma dor de cabeça, já que a lentidão entre um golpe e outro deixam muitas brechas para inimigos atacarem. Sem um [i]timing[/i] certo, você pode acabar errando um soco e levando outro de brinde. O game flui entre perspectivas 2D e 3D, variando de acordo com a situação. A maioria das fases ocorre em 2D, com movimentação lateral, enquanto que algumas lutas e fases ocorrem em ambiente 3D. [img]hide:aHR0cDovL3N0YXRpYzkuY2RuLnViaS5jb20vZW4tR0IvaW1hZ2VzL1RUX01hcmxpbnNwaWtlXzFfT05MSU5FXzYyMHgzNTB0Y20yMTE4Mzg0LmpwZw==[/img] Essa variação até chega a ser interessante, já que permite maior diversidade de jogabilidade e comandos. Infelizmente, não é o que se vê. Tudo gira em torno de conversar com o personagem certo, ir do ponto A para o ponto B, resolver alguns quebra-cabeças simples e derrotar os inimigos que estiverem no caminho. [t1]Diversão[/t1] Neste ponto da leitura, você deve estar se perguntando se o game vale a pena. Bem, temos que levar em consideração que estamos falando de um game para o público infantil. Assim, muitos gamers podem considerar As Aventuras de Tintim algo chato e mesmo ruim. Entretanto, reforço que o game foi feito voltado para o público infantil, então, muito do que experimenta no game é feito pensado neste publico. Assim, a diversão para este publico é mais do que o suficiente. Não podemos esperar uma diversão baseada em matar hordas de inimigos. Maior prova disso esta em ter que, durante uma perseguição, parar um caminhão usando um estilingue ao invés de uma arma. [t1]Considerações Finais[/t1] Numa análise pessoal, As Aventuras de Tintim por muito pouco não entra na lista de games baseados em filme que não se deram bem. Salva-se o carisma dos personagens, bem reproduzidos no game (destaque para o Capitão Haddock e seus jargões), e a presença de legendas em PT-BR. A limitação gráfica do Nintendo Wii é a maior inimiga deste game, uma vez que comparado com as versões de PC, PS3 ou Xbox 360, o game parece ser bem inferior, principalmente nas texturas. A parte sonora se destaca pela dublagem, embora, sendo um game voltado para o público infantil, esta poderia ser em português. Resta contentar-se com as legendas traduzidas, o que, a nível nacional, já esta de bom tamanho. Se você é pai, tem um irmão mais novo, fã do personagem ou algo assim, o game pode ser um bom agrado. Caso contrario, vá por conta e risco. [i]Da Redação[/i]
Fonte: GameVicio
label