.
93

Análise do jogo "Metroid Prime" para GC escrito por E-Zine/MyGames

Escrito por E-Zine/MyGames, nota 93 de 100, enviado por Anônimo,
[img]hide:aHR0cDovL20ubXlnYW1lcy5wdC9nNC9pbWFnZXMvcmV2aWV3cy9zaG90XzI1XzMxLmpwZw==[/img] A Retro Studios tinha a árdua tarefa de trazer de volta os bons velhos tempos de Metroid do tempo da SNES para a GC. Claro que este jogo não poderia ser em 2D, visto que os videojogos evoluíram muito nos últimos anos e, um jogo 2D na Gamecube não seria visto com bons olhos. Optaram então pelo 3D, e para surpresa de todos optaram por fazer de Metroid Prime um FPS (First Person Shooter). Muito se especulou sobre este jogo, visto que a Nintendo e a Retro Studios arriscavam muito com este novo jogo ao mudar completamente a saga Metroid. E ainda mais se receou quando Shigeru Miyamoto anunciou na E3 de 2002 que não havia uma demo jogável de Metroid Prime, mostrando assim que o jogo não estaria tão bem quanto a Nintendo esperava. Mas...puro engano! Nos finais do ano passado, Metroid Prime sai no mercado americano e para espanto geral: o jogo é uma obra-prima! A partir daqui, a par de The Legend of Zelda: The Wind Waker, foi um dos jogos mais esperados pelos possuidores de Gamecube na Europa, e a sua chegada no passado 21 de Março acabou com todas as dúvidas (se é que ainda haviam): Metroid Prime é o melhor jogo até agora feito para a Gamecube, e marca a história desta, assim como marca também a história dos videojogos. [img]hide:aHR0cDovLzMuYnAuYmxvZ3Nwb3QuY29tLy13Vkd5OG5hU2VKOC9UZ1B5YVpDWDNOSS9BQUFBQUFBQUFOUS8weWZvOWNxbjItYy9zMTYwMC9tZXRyb2lkX3ByaW1lXzEuanBn[/img] Metroid Prime passa-se depois do fim do original Metroid e antes do Metroid II. Numa época em que os piratas do espaço reconstroem-se lentamente, após Samus Aran (a heroína da saga) ter posto fim aos seus planos no planeta SR388. Samus viaja atrás destes até a uma estação espacial nas proximidades do planeta Tallon IV e é aí que começa mais um capítulo da saga Metroid! Para não desvendar mais sobre a história, pode-se apenas dizer que a forma como esta é contada, é simplesmente brilhante o que faz com que andemos por todas as áreas do jogo a vasculhar tudo o que encontremos, para percebermos realmente o que se passou em Tallon IV e o porquê dos piratas do espaço naquele planeta. [img]hide:aHR0cDovLzEuYnAuYmxvZ3Nwb3QuY29tL19XbXl5MHJPSWVBYy9UTmlFcHg0cmNKSS9BQUFBQUFBQUFzcy9GRVFlRFZXcC1SUS9zMTYwMC9tZXRyb2lkX3ByaW1lX2JnLmpwZw==[/img] Ao chegarmos a esta estação espacial deparamo-nos com um pequeno tutorial que nos faz abrir umas portas de modo a saber usar o Scan Visor, e o Combat Visor. O Scan Visor trata-se de um visor que permite fazer um scan aos objectos no cenário (e ao próprio cenário) de modo a tirar informação extra deste, assim como activar máquinas, abrir portas etc.
Fonte: E-Zine/MyGames
label