Days Gone se saiu mal nas análises por três motivos, sendo um deles as críticas negativas sobre o protagonista, diz John Garvin

Days Gone se saiu mal nas análises por três motivos, sendo um deles as críticas negativas sobre o protagonista, diz John Garvin

O jogo apresenta para os jogadores um motociclista branco que adora olhar para a bunda da sua mulher.
#Games Publicado por coca, em

Days Gone foi uma nova aposta da Sony Interactive Entertainment em colaboração com a Bend Studio, lançado um jogo de mundo aberto se passando no Oregon pós-apocalíptico, dois anos após o início de uma pandemia.

O jogo está disponível para os jogadores de 2019, mas como não é segredo, parece que a Sony trata o jogo como um "fracasso" e por esse motivo nunca teremos uma sequência.

Leia Também:

  1. Rumor | Sony deu sinal verde para a reinicialização da franquia Uncharted
  2. Polygon divulga a lista com os 50 melhores jogos de 2022 com Elden Ring na primeira posição

Não tem como negar que realmente existem alguns motivos que afetaram Days Gone, e John Garvin, que foi o Escritor/Diretor de Days Gone decidiu dar sua opinião sobre o assunto, respondendo a dúvida de um usuário do Twitter sobre as críticas.

De acordo com as próprias palavras de John Garvin, Days Gone foi criticado pelos problemas técnicos e bugs (má otimização e mais), jornalistas que nem jogaram o jogo e por último o mais polêmico.

Days Gone apresenta para os jogadores um motociclista branco (o protagonista Deacon St. John) rude olhando para a bunda da sua namorada/esposa. Vale lembrar que na época, realmente saíram análises negativas a respeito do Deacon St. John.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy84My8wODI2NzguanBn

Bem, o tempo já passou e hoje Days Gone conta com muitos fãs que querem apenas que a Sony dê o sinal verde para a sequência, mas infelizmente isso nunca deve acontecer.

Days Gone já está disponível no PC, PS4 e PS5.

coca
coca

Me segue lá no Twitter.

Equipe do Site, Narnia do oeste ao lado sul do norte meio oeste