Chefões e líderes da Activision Blizzard estão em desacordo de opiniões sobre processo na Califórnia

Chefões e líderes da Activision Blizzard estão em desacordo de opiniões sobre processo na Califórnia

Alguns chefes da Activision fizeram pouco caso do assunto, enquanto outros da Blizzard se mostram preocupados
#Games Publicado por Billy Butcher, em

A denúncia contra a Activision Blizzard, acusada pelo Departamento de Fair Employment and Housing da Califórnia de não respeitar adequadamente seus funcionários, sendo supostas vítimas de piadas sexistas e má conduta, está gerando um grande alvoroço na rede.

Nessas horas, os escalões superiores da empresa têm reagido às denúncias entrando em contato com seus funcionários por meio de e-mails internos ou confiando seus pensamentos às redes sociais, mas não é necessária uma análise aprofundada para perceber que suas posições são muito conflitantes.

Para o presidente da Blizzard, J. Allen Brack, que entrou em contato com seus funcionários por meio de um e-mail interno (mais tarde vazado online graças a Jason Schreier), os comportamentos descritos na reclamação são "completamente inaceitáveis". O executivo disse que a Blizzard não tolera assédio de qualquer tipo e que a empresa está comprometida em garantir a segurança e o direito de falar sem medo de retaliação. Brack incentivou todos os funcionários a contatá-lo diretamente para expor suas preocupações, prometendo colocar a empresa de volta nos trilhos.

Rob Kostich, o presidente da Activision, disse em vez disso que as alegações são "extremamente perturbadoras", acrescentando que os comportamentos descritos "não refletem os valores da Activision". Os tons do e-mail interno enviado por outro executivo, o CCO da Activision Blizzard, Fran Townsend (também conhecido como o ex-Conselheiro de Segurança Interna do governo de Bush nos EUA), são completamente diferentes.

Townsend, de acordo com Jason Schreier, enfureceu muitos funcionários da Activision Blizzard ao minimizar o que se passa nos corredores da empresa e atacar fortemente a reclamação, que ela acredita apresentar "um retrato distorcido e falso, incluindo denúncias incorretas, antigas e fora de contexto, algumas das que têm mais de 10 anos".

O executivo descreveu uma empresa que é respeitosa, rica em valores e capaz de oferecer as mesmas oportunidades para ambos os sexos. Townsend, que trabalhou para a Activision Blizzard por apenas 4 meses, acrescentou:

“Não podemos permitir que as ações vergonhosas dos outros e uma denúncia inútil e irresponsável prejudiquem nossa cultura.''

Essas palavras também foi acompanhado por Mike Morhaime, fundador da Blizzard e ex-CEO da empresa, que mesmo após ter saído da empresa desde 2018, se desculpou publicamente com todas as mulheres:

"Para todas as mulheres da Blizzard que tiveram que aturar isso, sinto muito por ter decepcionado você. Eu ouço, eu acredito em você e lamento profundamente.''

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por ricklek550,
#Games, Por taffarelkupkovski,
#Games, Por Frocharocha,