Será mesmo dona Valve?
Publicado por coca, em .
Valve confirmou que o Source Code vazado do CS: GO foi originalmente publicado em 2018 e é para uma versão mais antiga do jogo. Levando em conta quantas atualizações de segurança o CS: GO recebeu desde então, sem mencionar as atualizações do próprio mecanismo, Valve acredita que os jogadores não devem ter motivos para entrar em pânico. Como tal, a versão atual do CS: GO permanece à prova de falhas enquanto os jogadores se juntarem aos servidores oficiais.

Dito isto, Valve continuará investigando a situação e fornecendo atualizações quando necessário. Se alguém souber algo sobre o vazamento, será solicitado que entre em contato com a Valve imediatamente.


O mesmo vale para o TF2. No Twitter, Valve disse que o Source Code vazado se refere a um vazamento mais antigo de 2018. Como do CS: GO, TF2 tomou medidas de segurança adicionais nos últimos anos e os jogadores não devem ter motivos para se preocupar, desde que estejam jogando nos servidores oficiais.


No entanto, nem tudo correu tão bem. De acordo com Tyler McVicker, fundador do Valve News Network, os Source Code vazados já aumentaram os cheaters nos CS: GO e TF2. Pelo menos um servidor da comunidade TF2 já foi encerrado em resposta. Também houve alegações de que os cheaters estão obtendo acesso remoto aos jogadores no TF2 e enviando arquivos sem que eles sequer saibam disso.
coca
coca
Quer ajudar esse lindo colaborador? clique aqui, não custa nada :) obrigado.
Administrador do Site, 90 anos, Narnia do oeste ao lado sul do norte meio oeste
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.