.

Twitter banirá toda propaganda política a partir de novembro

Enviado por Catos, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


O Twitter anunciou nesta quarta-feira (30) que a plataforma banirá qualquer tipo de publicidade política paga em sua rede social a partir do dia 22 de novembro.

Em uma série de postagens na tarde de hoje, Jack Dorsey, CEO da companhia, explicou os motivos por trás decisão, afirmando que o "alcance de mensagens políticas deve ser conquistado, não comprado".




"Uma mensagem política ganha alcance quando as pessoas decidem seguir uma conta ou retuitar", explicou Dorsey. "Pagar pelo alcance remove essa decisão, forçando mensagens políticas altamente otimizadas e direcionadas às pessoas. Acreditamos que essa decisão não deve ser comprometida por dinheiro".


O executivo afirmou ainda que enquanto publicidade na internet é uma ferramenta "poderosa" para fins comerciais, essa ferramenta traz "riscos" quando é utilizada politicamente, influenciando votos e afetando as vidas de milhões de pessoas.


"Os anúncios políticos na internet apresentam desafios totalmente novos ao discurso cívico: otimização baseada em aprendizado de máquina e segmentação múltipla, informações enganosas não verificadas e deep fakes. Tudo com velocidade crescente, sofisticação e escala esmagadora", afirmou.



"Não é credível dizer: 'Estamos trabalhando duro para impedir que as pessoas enganem nossos sistemas para espalhar informações enganosas, mas se alguém nos pagar para segmentar e forçar as pessoas a ver seu anúncio político ... Bem ... Elas podem dizer o que quiserem!'", explicou.


Com a decisão tanto candidatos como outros agentes políticos não poderão mais comprar publicidade na plataforma. A decisão também valerá para todos os países no qual o Twitter atua.


"Não se trata de liberdade de expressão. Trata-se de pagar pelo alcance. E pagar para aumentar o alcance do discurso político tem ramificações significativas com as quais a infraestrutura democrática de hoje pode não estar preparada para lidar. Vale a pena dar um passo para trás e resolver essa questão", encerrou Dorsey.




Mais detalhes sobre as novas políticas da companhia serão compartilhados no dia 15 de novembro – incluindo exceções pontuais para as regras.
Catos
Enviado por Catos
Membro desde
28 anos, Goiânia
label