PlayStation Plus é o novo Game Pass?

PlayStation Plus é o novo Game Pass?

Veja algumas diferenças e como a nova Plus iniciou
#Artigos Publicado por Sr Ori, em

Desde 2020 existiam rumores de que a Sony estaria criando uma espécie de concorrente para o Game Pass, serviço de assinatura de jogos do Xbox. Apesar dos rumores existirem, ainda era meio incerto se ele seguiria a mesma proposta do Xbox e se tornaria concorrente direto ou se seria algo diferente. E após toda essa espera, finalmente em março de 2022 a nova PlayStation Plus foi anunciada, mostrando uma reformulação completa de como ela funciona e sendo um pouco diferente do que anteriormente o público esperava.

No anúncio da reformulação do serviço, a Sony divulgou que a Playstation Now iria ser encerrada e a partir de então existiria apenas a PlayStation Plus. No entanto a Plus não se manteve da mesma forma que era anteriormente, sendo dividida em três novas categorias com diferentes valores e benefícios.

O primeiro plano da Plus ficou bem semelhante ao que era anteriormente, nomeado como Essential. Pagando esse plano o jogador ganha descontos na loja, permissão para jogar jogos pagos multijogador, armazenamento em nuvem e 3 jogos aleatórios mensais. O valor da assinatura não mudou e pode ser mantida por R$35 mensais ou R$200 anuais.

O segundo plano é chamado de Extra e que podemos considerar o concorrente direto do Game Pass, pois são semelhantes em valores cobrados e benefícios agregados. Nele o jogador ganha os benefícios do plano Essential e também um catálogo recheado de jogos variados. O catálogo do PlayStation Now foi substituído por esse plano, mas diversos jogos também acabaram saindo com esse mudança. Esse novo plano pode ser assinado por R$53 mensais ou R$340 anuais.

O último plano é chamado de Deluxe, o qual contempla os benefícios do plano Extra, testes de jogos (trial) e disponibilidade de jogos clássicos do PlayStation. A assinatura pode ser feita pagando R$60 mensais ou R$390 anuais.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9talVQTUlSLnBuZw==

Detalhamento dos planos

Conhecendo toda essa reformulação no serviço, podemos falar sobre o lançamento dele que foi feito em junho de 2022. Apesar de ter sido lançado em junho no Brasil, o lançamento foi dividido em diferentes períodos e as vezes com jogos específicos para cada região no mundo, mas no geral continham os mesmos jogos. E bem próximo ao lançamento, ela divulgou que vários de seus jogos exclusivos entrariam no serviço como Returnal, Spider Man: Miles Morales e Death Stranding, além de outros jogos de sucesso como Guardians of the Galaxy, Red Dead Redemption 2 e Assassin's Creed: Valhalla.

Para o lançamento do serviço o catálogo inicial foi muito bom, até mesmo se comparando com sua concorrente direta que foi melhorando o Game Pass gradualmente ao invés de ser bem atrativo desde que surgiu em 2017. No entanto, isso se deve muito a experiência da Sony com o PlayStation Now e também por conta da Microsoft ser a primeira a explorar mais a fundo como funcionaria um serviço de jogos.

Mas o lançamento não é tudo, pois é preciso manter a qualidade do serviço ao longo do tempo para garantir assinantes constantes. Por enquanto ainda foram apenas 2 meses de jogos anunciados desde o lançamento do serviço, mas já dá para ao menos ter a noção de que a divisão PlayStation realmente quer garantir as assinaturas de seus clientes, pois mostraram entrando no catálogo jogos como Patrulha Canina, Final Fantasy VII Remake, Assassin's Creed, Stray, Tony Halk's Pro Skater 1+2, franquia Yakuza e alguns outros.

Porém, quem nunca leu ou ouviu outra pessoa dizer que a nova PlayStation plus "é tipo o Game Pass"? O Game Pass apesar de ter sido impopular no início por trazer uma abordagem diferente para o consumo de jogos, hoje ele é referência e muitas vezes defendido/divulgado por seus consumidores. Essa associação que muitas pessoas têm foi por conta do trabalho bem feito da Microsoft ao lado do risco que ela assumiu ao testar esse mercado. Então apesar da PlayStation Plus ter iniciado muito bem nesses 2 primeiros meses, ela deve continuar agregando cada vez mais conteúdo ao seu catálogo e o divulgando para tirar aquela ligação direta que muitos consumidores tem do "serviço de jogos" ao Game Pass.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9lUlBlTGxVLnBuZw==

Agora um ponto bem interessante e que hoje em dia ainda é discutido são os jogos aleatórios dados no plano Essential da Plus e na Xbox Live Gold. No caso do Xbox por exemplo, desde que surgiu o Game Pass, os jogos de qualidade que antes eram oferecidos foram diminuindo até começarem a entregar jogos totalmente desconhecidos e menores como são hoje. Porém, ao menos até agora, a nova Plus começou a agregar um bom conteúdo no plano Essential, não sendo deixado de lado por conta do vasto catálogo da versão Extra. Desde que a nova Plus foi lançada, os jogadores puderam resgatar God of War, Nickelodeon All Star Brawl, Crash Bandicoot It's About Time, Dark Pictures Man of Meda, Yakuza Like a Dragon e outros. E isso acaba se tornando muito atrativo, pois quem assina o catálogo do Extra ganha esses jogos e quem não vê vantagem no Extra continua ganhando jogos interessantes.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9UeHpEY0NvLnBuZw==

Um grande diferencial do Game Pass e que muitos levam em conta são seus jogos próprios entrando no serviço quando lançados. De acordo com o chefe da divisão PlayStation, eles não tem planos de incluir isso na Plus por não se encaixar na estratégia deles, mas vimos recentemente ao menos um jogo indie chamado Stray sendo lançado direto no serviço. Podemos realmente não ver os jogos da PlayStation Studios sendo lançados no serviço no lançamento ou talvez demore para presenciarmos isso, mas ao menos em relação a jogos de terceiros eles mostraram que existe a possibilidade disso acontecer, o que já é um benefício muito bom caso utilizem bem desse recurso. Essa questão dos jogos próprios e outros feitos por parcerias devem ser um dos grandes diferenciais daqui para frente entre as duas opções de assinaturas.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9CSXk2SlZjLnBuZw==

Outra parte interessante da Plus é que alguns jogos que entram no catálogo são edições especiais. Sua concorrente também disponibiliza alguns jogos na sua versão completa, mas a Plus aparentemente está se mostrando muito mais amigável nesse sentido para os consumidores. Alguns exemplos legais disso são Final Fantasy VII Remake Intergrade, Control Ultimate Edition e Marvel's Spider-Man: Game of the Year Edition que acabaram entrando com seu vasto conteúdo no serviço, diferente de por exemplo Sniper Elite 5, Control, Mortal Kombat e Monster Hunter que, por serem disponibilizados apenas com o jogo base, os conteúdos extras precisavam ser adquiridos separadamente. Claro que o Game Pass também possui suas versões melhores para outros jogos como Fallout 4 Game of the Year, Danganronpa Anniversary, Gears 5 Game of the Year e vários outros, mas por conta da Plus estar fornecendo essa quantidade de jogos nas melhores versões e ser um serviço novo, a perspectiva pela nova Plus também acaba sendo melhor. Porém para ter certeza de que o padrão da Plus será esse, a única forma é esperar para ver como o serviço vai se desenvolver ao longo do tempo e se irá manter esse padrão de jogos disponibilizados.

Apesar dessas semelhanças e as vezes vantagens de uma sob a outra, existem alguns diferenciais para cada assinatura e que nem chegam a competir nesses aspectos. O Game Pass não tem apenas o diferencial de colocar seus jogos no serviço no lançamento, mas ele também oferece bônus em alguns jogos e permite jogar em vários dispositivos diferentes. A Plus por outro lado se diferencia bem no plano Deluxe, o qual permite que os jogadores joguem jogos mais antigos que estão no catálogo e dá acesso ao trial de jogos.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9GY3pwZDJlLnBuZw==

Mas no geral, a PlayStation Plus como um novo serviço certamente começou bem atrativa, principalmente para novos clientes de sua plataforma e que ainda não experimentaram vários dos jogos da PlayStation Studios. A partir da perspectiva inicial do serviço imagino que boa parte das pessoas veem que essa Plus tem bastante futuro e muito a agregar, mesmo que os jogos próprios da divisão não entrem no serviço no lançamento. E uma ação da PlayStation que anima muito nessa parte é a inclusão de uma boa quantidade de jogos no mês juntamente com uma boa qualidade, pois mostra que ela ao menos está tentando trazer algo bom para seus clientes.

Agora resta aguardar se a divisão PlayStation irá investir tanto quanto o Xbox no Game Pass, trazendo muito conteúdo extra e novo para seus consumidores pois, por enquanto, vários dos conteúdos mostrados na Plus já foram oferecidos no serviço da concorrente em algum momento, e o Game Pass não para de trazer conteúdos novos de parceiros. Então para concorrer bem e principalmente tirar essa associação que as pessoas tem de "serviço de jogos" ao Game Pass, a divisão PlayStation terá que fazer um esforço para manter sua assinatura atrativa.

Sr Ori
Sr Ori #luhckaz100

Fã de yakuza e jogos que trazem experiências criativas e diferentes das que já tive.

Colaborador do Site
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Entretenimento, Por viniciusfaria2002,
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,