Estúdio de Demon Slayer é indiciado por sonegação de imposto

Estúdio de Demon Slayer é indiciado por sonegação de imposto

Presidente do estúdio teria usado 138 milhões de ienes sonegados pessoalmente.
#Notícias Publicado por Frocharocha, em

Tanto a Ufotable, o estúdio por trás da série de anime Demon Slayer, quanto o fundador, diretor representante e presidente da empresa, Hikaru Kondo, foram indiciados por sonegação de impostos após uma investigação da policia de Tokyo. No entanto, o estúdio de animação reconheceu a acusação feita pelo Ministério Público do Distrito de Tóquio.

De acordo com o serviço de notícias Kyodo (via Anime News Network), a Ufotable deve 109 milhões de ienes em impostos corporativos de 2015 a 2018 e 28 milhões de ienes em impostos sobre o consumo de setembro de 2014 a agosto de 2018 (R$ 6,8 milhões). Kondo supostamente escondeu o dinheiro ganho e usou para uso pessoal e guardou o dinheiro em casa.

A Ufotable foi fundada por Kondo em 2000. O estúdio é mais conhecido por sua adaptação para anime de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba e seu primeiro filme de sucesso Demon Slayer The Movie: Mugen Train. Ela também produziu outras adaptações de anime, incluindo Fate / Zero, The Garden of Sinners e Katsugeki: Touken Ranbu.

Demon Slayer: The Hinokami Chronicles, jogo de luta baseado na obra e desenvolvido pela CyberConnect2, será lançado para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X|S e PC em 13 de outubro de 2021.

Frocharocha
Frocharocha
Colaborador do Site, São Paulo
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por ricklek550,
#Games, Por taffarelkupkovski,
#Games, Por Frocharocha,