HBO anuncia que Kantemir Balagov, diretor de Uma Mulher Alta, irá dirigir a série de The Last of Us

HBO anuncia que Kantemir Balagov, diretor de 'Uma Mulher Alta', irá dirigir a série de The Last of Us

Atuará ao lado de Neil Druckmann na direção da série
#Séries Publicado por Evil E., em .

The Last of Us, da HBO, encontrou um novo diretor.

O cineasta russo Kantemir Balagov, o queridinho de Cannes por trás do drama 'Uma Mulher Alta', foi escalado para dirigir o piloto da adaptação do videogame de sucesso.

Craig Mazin, o criador da aclamada série limitada Chernobyl da HBO, está escrevendo e sendo produtor executivo com o co-diretor Neil Druckmann, o escritor e diretor criativo dos jogos The Last of Us.

O projeto inicialmente parecia que iria reunir Mazin com seu diretor de Chernobyl, Johan Renck, mas Renck teve que desistir por causa de um conflito de agendamento.

The Last of Us se passa 20 anos depois que a civilização moderna foi destruída e centra-se no relacionamento entre Joel, um contrabandista neste novo mundo, e Ellie, uma adolescente que pode ser a chave para a cura de uma pandemia mortal.

Joel, um sobrevivente endurecido, é contratado para contrabandear a garota de 14 anos para fora de uma zona de quarentena opressora. O que começa como um pequeno trabalho logo se torna uma jornada brutal e comovente enquanto eles cruzam os EUA e dependem uns dos outros para sobreviver.

A série é uma co-produção com a Sony Pictures Television, PlayStation Productions, Word Games, The Mighty Mint e a desenvolvedora de jogos Naughty Dog.

Também são produtores executivos Carolyn Strauss (escritora), Evan Wells (co-presidente) da Naughty Dog e Asad Qizilbash e Carter Swan da PlayStation Productions. O casamento de Balagov e The Last of Us mostra que a HBO busca um tom dramático sério para a adaptação.

Balagov, de origem circassiana, é mais conhecido por dirigir os sombrios dramas em russo, Closeness and Beanpole, sobre uma família pobre em uma pequena cidade lidando com um sequestro, foi bem recebida quando estreou no Festival de Cannes em 2017, resultando em Balagov vencendo o Prêmio FIPRESCI do festival no concurso Un Certain Regard.

Uma Mulher Alta falou sobre a relação sinistra e sombria entre duas mulheres após o cerco de Leningrado na Segunda Guerra Mundial. O filme de 2019 rendeu a Balagov o prêmio Un Certain Regard de melhor diretor e seu segundo Prêmio FIPRESCI. O filme também foi selecionado como a apresentação da Rússia na categoria de melhor longa-metragem internacional para o Oscar de 2020.

Evil E.
Evil E. #Evil E.

Um grande fã dos gêneros de Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro