Quantic Dream diz estar pensando em aprimorar seus jogos para o PS5

Quantic Dream diz estar pensando em aprimorar seus jogos para o PS5

David Cage não descarta lançar futuros jogos da Quantic Dream ao Nintendo Switch
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Durante a mesma entrevista concedida á Wccdtech a respeito de futuras sequências em jogos da Quantic Dream sendo um tema aordado por David Cage e sobre os novos projetos do estúdio, o CEO deu sua opinião sobre a Next-Gen.

Cage foi perguntado ao Wccftech se a empresa possui interesse em aprimorar seus jogos como Detroit: Become Human e títulos mais antigos como Heavy Rain para o PS5, e apesar de afirmar que o estúdio está focado em seus novos projetos, a Quantic Dream está pensando nessa possibilidade.

"O estúdio está totalmente focado no futuro e em nossos projetos atuais em desenvolvimento. Aprimorar nossos títulos para o PlayStation 5 é uma possibilidade que consideramos atualmente", diz David Cage.

Quando perguntado sobre o que ele acha sobre os Hardware's da 9° Geração de Consoles (Xbox Series X e PlayStation 5), David Cage diz que a Microsoft tem uma vantagem geral em seu componentes e números. Mas que a experiência da Sony com o ramo mostra que ela sabe tirar proveito de cada milímetro dos PlayStation's:

"Comparar hardware é sempre desafiador, pois eles sempre apresentam vantagens e desvantagens. Não é apenas uma questão de CPU ou frequência; é mais sobre a consistência dos componentes e as possibilidades de recursos avançados."

"O CPU dos dois consoles usa o mesmo processador (um pouco mais rápido no Xbox Series X), o GPU do Xbox Series X também é mais poderoso, já que é 16% mais rápido que o GPU do PS5, com uma largura de banda 25% mais rápida. A velocidade de transferência do SSD é duas vezes mais rápida no PS5."

"Os núcleos de Shader do Xbox Series X também são mais adequados para aprendizado de máquina, o que poderia ser uma vantagem se a Microsoft conseguir implementar um equivalente ao DLSS da Nvidia (uma solução de rede neural avançada para IA)."

"No geral, acho que a análise pura do hardware mostra uma vantagem para a Microsoft, mas a experiência nos diz que o hardware é apenas parte da equação. A Sony mostrou no passado que seus consoles podiam oferecer os jogos mais bonitos devido à sua arquitetura e software eram geralmente muito consistentes e eficientes."

No geral, David Cage acredita que a diferença será mais crucial quando for comparado os jogos exclusivos de ambas as plataformas, pois determina pelas empresas First-Party qual conseguirá extrair mais do poderil desses consoles.

Ele também fala que a oferta do Xbox Game Pass e Xbox All-Access é uma excelente estratégia da Microsoft para conquistar mais jogadores para os Xbox Series X|S sem depender puramente de jogos exclusivos:

"Em última análise, o que significará o sucesso de um console sobre o outro (mais do que o hardware) são os títulos exclusivos. Tendo trabalhado com a Sony por 12 anos, eu sei que eles têm alguns dos melhores estúdios do mundo, da Naughty Dog a Santa Monica Studio, ou Guerilla Games, só para citar alguns, e eles têm franquias exclusivas muito fortes, bem como uma forte legado dos ciclos anteriores."

"Eles serão muito difíceis de desafiar, embora a Microsoft tenha feito muito recentemente para colocar mais estúdios no centro da batalha. Eles também parecem ter uma estratégia comercial muito agressiva com seu Game Pass, o que pode tornar sua plataforma mais atraente."

"A oferta do All Access, que reúne o console e os jogos com base em uma assinatura mensal, também é uma jogada muito inteligente. A batalha pela supremacia também pode estar nos serviços de streaming em um futuro próximo."

"Como você pode ver, existem muitos parâmetros para prever um vencedor neste novo ciclo. O Hardware é apenas um deles, e provavelmente não o mais decisivo."

O Wccftech também aproveitou para perguntar se a Quantic Dream futuramente pode lançar seus jogos ao híbrido da Nintendo, o Switch, e ele não descartou as chances, tendo em vista que a empresa agora é totalmente multi-plataforma.

"Agora que Quantic Dream é independente, planejamos oferecer suporte a todas as plataformas existentes com nossos títulos futuros, incluindo o Switch."

"Nossos títulos anteriores ainda estão vinculados à Sony, então eu duvido que eles estarão disponíveis em outras plataformas além do PC."

Por fim, foi perguntado a Cage se há interesse do estúdio em lançar jogos aos serviços de Cloud Game Streaming, como o Google Stadia. Ele confia totalmente nessa estratégia de mercado ao longo prazo, apesar do caminho árduo até lá:

"Nossa estratégia é disponibilizar nossos títulos em todas as plataformas onde os jogadores possam procurá-los. Também queremos dar o nosso melhor para fazer brilhar estas plataformas, pois foi isso que fizemos com a PlayStation durante 12 anos."

"Estou convencido de que os jogos em nuvem se tornarão muito populares nos próximos anos. É uma plataforma totalmente nova com um potencial incrível, mas também com novos desafios a serem superados."

"Inicialmente, pensei que as coisas iriam mais rápido, mas parece que levará mais anos até que o setor esteja totalmente pronto para disponibilizar esta oferta para clientes em todo o mundo. Continuo a acreditar que este é o futuro, mas é difícil prever quando ele se tornará popular."

Fonte: Wccftech
Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por DreadnaughtBR,
#Games, Por VSDias55,