Publicado por Taffarel, em .
Assim como muitas editoras de jogos, a Square Enix foi afetada pelo COVID-19. Devido ao vírus, a empresa enviou e produziu menos cópias de Final Fantasy 7 Remake do que o esperado, levando a 3,5 milhões de vendas no lançamento, menos do que as projeções originais. O presidente da Square Enix, Yousuke Matsuda, diz que está feliz com o desempenho do jogo, mas afirma que as vendas físicas não alcançaram as estimativas internas. Essa redução ocorreu após uma queda de 36% no volume de vendas de jogos no ano fiscal de 2019, o que por sua vez levou a uma enorme queda de 55% na receita total dos jogos HD.

Esses problemas - e muitos outros - levaram à recente redução de $52 milhões da Square Enix em sua produção de conteúdo. Essa área específica de negócios inclui jogos atualmente em desenvolvimento.

As empresas fazem reduções para ajudar a compensar as despesas quando os bens caem de valor. Então, por que a Square Enix fez essa redução? Provavelmente porque cancelou - ou pelo menos fez um grande ajuste - um novo projeto da Luminous Productions.

No ano fiscal encerrado em 31 de março de 2019, o Group registrou uma perda na distribuição de conteúdo com uma perda extraordinária devido a uma revisão aprofundada da estratégia de negócios da Luminous Productions Co., Ltd., uma subsidiária. A perda representa ¥3.425 milhões em perdas na produção de conteúdo, ¥170 milhões em perdas de bens e ¥41 milhões em outras despesas.

Uma perda de ¥3,245 bilhões equivale a aproximadamente R$160 milhões. O restante da redução é devido às vendas de jogos mais fracas do que o esperado durante o ano fiscal de 2019, período que inclui Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age.

É possível que o projeto da Luminous Productions tenha sido cancelado (ou alterado drasticamente) devido à complexidade da próprio Luminous Engine. As ferramentas são extremamente poderosas, mas também difícil de se utilizar, e a equipe de desenvolvedores original de Hajime Tabata tiveram dificuldade em rodar nos consoles PS4 e Xbox One.

A Square Enix ainda pretende atingir sua meta de receita operacional de ¥40 bilhões no ano fiscal de 2020, provavelmente impulsionada por Marvel's Avengers, Final Fantasy 7 Remake e outros títulos ainda a serem lançados. Mas Matsuda alerta os investidores de que os impactos do COVID-19 podem atrapalhar ainda mais o desenvolvimento, e por sua vez, atrapalhar a meta. Nenhuma previsão anual foi dada como resultado.
taffarelkupkovski
Taffarel #taffarelkupkovski
Alphonse! Alphonse!
Algum dia, eu com certeza virei buscá-lo!
Me espere!
Moderador do Site, 26 anos, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.