.

Riot revela plano de 90 dias para resolver problemas de diversidade e inclusão

Enviado por VSDias55, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Enfrentando ações judiciais dos funcionários, uma possível greve e uma matéria do ano passado que alegou que a empresa tinha uma cultura de sexismo, a Riot se comprometeu com uma série de mudanças. Elas fazem parte de um plano de 90 dias para tornar a empresa mais diversificada e inclusiva.

Após a matéria da Kotaku em Novembro, a Riot finalmente emitiu um pedido de desculpas e prometeu melhorias, depois contratou uma Diretora de Diversidade e atualizou os valores de sua empresa.

No entanto, duas mulheres foram impedidas de levar a Riot ao tribunal por causa de acordos de arbitragem obrigatórios que assinaram como parte de seu contrato de trabalho. O advogado delas alegou que a cláusula servia para "silenciar as vozes dos indivíduos".

Embora não entre em vigor até que o processo atual seja resolvido, a Riot decidiu tornar possível a escolha de não participar de arbitragem obrigatória para assédio sexual, mas apenas para novos funcionários. Também poderá ser expandido para permitir que todos os funcionários atuais optassem por não participar, e para mais do que apenas assédio sexual.

É uma melhoria, mas ainda coloca a responsabilidade sobre o funcionário para optar não participar. A Riot reconhece que não agradará a todos os seus funcionários.

Nós entendemos e respeitamos os Rioters que decidiram protestar contra essa decisão na segunda-feira, e admiramos sua convicção e disposição de defender suas crenças.

A Riot também revelou como ocorre a arbitragem. Os custos do mediador são cobertos pela Riot, qualquer das partes pode rejeitar um mediador, não há cláusula de confidencialidade e o acordo não se limita os danos reconhecidos.

O plano de 90 dias é dividido em etapas aos 30, 60 e 90 dias, e inclui coisas como novos processos para entrevistas, treinamento anti-assédio e uma análise de igualdade salarial. Existem alguns objetivos que a empresa espera alcançar, os quais você pode conferir abaixo:
  1. Quando as equipes são diversas e inclusivas, elas saem ganhando. Sempre.
  2. Aproveitar nossos pontos fortes, conhecer nossas fraquezas e ser honesto em relação a ambos é a melhor maneira de obter sucesso, seja no escritório ou em um jogo.
  3. Não devemos aceitar sexismo, racismo, homofobia, transfobia, capacitismo, etarismo, discriminação religiosa e intolerância de qualquer tipo.
  4. Esse trabalho pode ser um lugar onde você pode fazer amigos para toda a vida, fazer parceria com colegas de equipe, e aproveitar a alegria de criar jogos.
VSDias55
Enviado por VSDias55
Membro desde
26 anos, Florianópolis
label