.

Brasil foi 5º maior emissor de spam no mundo no 3º trimestre

Enviado por davidc150889, , 267 visualizações, 0 comentários
Em um período marcado pela explosão de mensagens indesejadas nos Estados Unidos, a consultoria Sophos revelou nesta sexta-feira (26/10) que o Brasil é o quinto maior emissor de spams do mundo, com participação de 3,7% entre os e-mails.

Na liderança, os Estados Unidos foram responsáveis por 28,4% das mensagens indesejadas, quase seis vezes mais que a Coréia do Sul, que ficou na segunda posição com participação de 5,2% dos spams.

Segundo a Sophos, o mercado norte-americano foi o único a registrar aumento - a consultoria não cita dados específicos -, enquanto, na média mundial, o volume de spams caiu 0,8% durante o terceiro trimestre.

Entre Coréia do SUl e Brasil, aparecem a China, com participação de 4,9%, e a Rússia, responsável por 4,4% das mensagens indesejadas.

A Sophos também apontou para duas tendências ocorridas durante o trimestre, com destaque especial para o aumento de malwares integrados a mensagens por spams liderado por uma infestação de cartões virtuais maliciosos que durou dois dias em agosto.

Nos dias seguintes à praga, a Sophos identificou ataques similares usando supostas celebridades nuas, filmes do YouTube e vídeos de música pop.

A segunda tendência diz respeito para a explosão e desaparecimento relâmpagos dos spams enviados em arquivos PDF. A técnica, usada como forma de driblar filtros que combatem mensagens indesejadas, teve um surto de infestação em agosto que chegou a crescer até 30% em apenas um dia do mês.

Nas semanas seguintes, porém, a consultoria registrou uma queda que deixou o ataque com níveis próximos a zero, estado que foi mantido até o fechamento das estatísticas trimestrais.


Fonte: adrenaline
davidc150889
Enviado por davidc150889
Membro desde
28 anos, Bal. Camboriu - SC
label