As 5 melhores placas de vídeo da série GTX

As 5 melhores placas de vídeo da série GTX

As 5 melhores placas de vídeo da série GTX
#Artigos Publicado por Vinicius, em

Com a alta do preço das placas, as novas RTX têm se mostrado como algo inacessível para a maioria dos jogadores que desejam entrar no mundo dos PC Gamers ou simplesmente fazer um upgrade em suas máquinas. Devido a isso, as placas de vídeo GTXtem se tornando muito atrativas.

Embora já tenha se passado um bom tempo desde seu lançamento, em determinados modelos, uma placa de vídeo GTX ainda apresenta uma performance muito boa, mesmo em jogos mais novos, sendo uma ótima escolha para quem deseja pagar menos ao mesmo tempo que consegue um resultado satisfatório.

Pensando nisso, decidimos trazer esse artigo. Pesquisamos a fundo para trazer as 5 melhores placas de vídeo GTX, as quais podem apresentar um bom custo benefício para você, além de entregar uma experiência satisfatória na hora de jogar.

NVIDIA GeForce GTX 1080 Ti

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy81Ni9wbGFjYS1kZS12aWRlby1ndHgtMDU1MjY3LndlYnA=

  1. Núcleos CUDA: 3584
  2. Clock básico (MHz): 1582
  3. Memória: 11 GB GDDR5X
  4. Velocidade da Memória: 11 Gbps

Começando a lista com a placa de vídeo GTX mais avançada a ser lançada no mercado e a mais potente para jogos da série 10, a GeForce GTX 1080 Ti. Equipada com a arquitetura Pascal, ela oferece um desempenho de ponta até mesmo em jogos mais pesados.

A GeForce GTX 1080 Ti entrega incríveis 11 GB GDDR5X de memória de vídeo, com 3584 núcleos CUDA e uma velocidade base de 1480 MHz, sendo uma placa ainda apta para os dias atuais e provavelmente irá continuar rodando os lançamentos por um bom tempo de forma satisfatória.

A quantidade de núcleos CUDA se torna importante pois são eles que realizam os cálculos mais complexos, como a física dos jogos. Quanto maior a quantidade, melhor a placa dará conta de cargas pesadas de trabalho.

Já a memória GDDR5X é uma evolução da GDDR5, tendo o dobro da velocidade da sua antecessora, embora com um consumo de energia maior. E com 11 GB de memória, essa é uma placa que está muito acima dos requisitos mínimos exigidos pelos jogos, mesmo os mais recentes.

Para aqueles que procuram jogar em resoluções maiores, como 1400p ou até mesmo 4K, a GTX 1080 Ti também é uma ótima escolha, já que ela foi uma placa de vídeo GTX projetada especialmente para isso.

Para uma placa de vídeo GTX, a GTX 1080 Ti possui um preço bem elevado, sendo a com o valor mais salgado dessa linha, chegando a custar R$4.000 ou mais, mas também é a placa dessa série com o melhor desempenho. Em diversos testes, ela conseguiu até mesmo superar a RTX 2070 em desempenho.

Para quem procura rodar em 1080p, ela é uma placa extremamente poderosa. Em jogos mais pesados, como Red Dead Redemption 2 e Assassin's Creed Odyssey, a GTX 1080 Ti conseguiu entregar uma performance acima dos 60fps mesmo com os gráficos na qualidade máxima. Já em jogos mais leves, como Doom Eternal, ela alcança até 200fps.

A GTX 1080 Ti também conta com a função de SLI através da GTX SLI HB, a qual permite duplicar a largura da banda de transferência disponível para ter uma experiência de jogo ainda mais suave.

Mesmo com a ausência ao suporte de tecnologias mais recentes, como o DLSS, a GTX 1080 Ti mais do que compensa em poder bruto. O grande problema atualmente é encontrar uma disponível, já que é normal ela estar esgotada nas mais diversas lojas.

NVIDIA GeForce GTX 1660 Super

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy81Ni9wbGFjYS1kZS12aWRlby1ndHgtMDU1MjcwLndlYnA=

  1. Núcleos CUDA: 1408
  2. Clock básico (MHz): 1785
  3. Memória: 6GB GDDR6
  4. Velocidade da Memória: 14 Gbps

Dos modelos de entrada ou intermediário, a GeForce GTX 1660 Super é uma das mais interessantes para quem procura adquirir uma placa de vídeo no momento, sendo um modelo que apresenta um excelente custo-benefício.

A última placa de vídeo GTX a ser lançada, a 1660 Super traz alguns benefícios tecnológicos graças a isso. Ela conta com 6 GB de memória GDDR6, a qual consegue alcançar o dobro da velocidade da GDDR5, mas mantendo o consumo de energia no mesmo nível. Seu chip gráfico traz 1408 CUDA e um clock base de 1530 MHz, mas podendo chegar até 1785 MHz.

Se tratando de performance, a GTX 1660 Super não faz feio. Rodando jogos como Horizon Zero Dawn e Forza Horizon 4, a placa consegue se manter acima dos 60fps mesmo com diversas configurações de qualidade no alto.

O grande destaque da 1660 Super acaba sendo o seu preço, sendo uma placa de vídeo GTX com um valor bem em conta. É possível encontrar ela na média de R$ 3.000 a R$ 3.500, e ainda possui uma grande disponibilidade no país, sendo facilmente encontrada em várias lojas.

Para quem deseja entrar no mundo das live streams, a GTX 1660 Super também se apresenta como uma ótima escolha. A Nvidia trouxe um encoder de hardware dedicado na placa o qual permite jogar e transmitir a imagem ao mesmo tempo, tudo isso em alta qualidade.

Se estiver procurando uma placa para aproveitar os jogos em 1080p com uma qualidade aceitável, a GTX 1660 Super se prova ainda como uma das melhores escolhas e uma das mais recomendadas dessa lista.

Veja Também:

  1. Conheça os 7 melhores monitores gamer 144hz
  2. NVIDIA encerra 2º trimestre com receita recorde de mais de US$ 6 bi

NVIDIA GeForce GTX 1080

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy81Ni9wbGFjYS1kZS12aWRlby1ndHgtMDU1MjY4LndlYnA=

  1. Núcleos CUDA: 2560
  2. Clock básico (MHz): 1607
  3. Memória: 8 GB GDDR5X
  4. Velocidade da Memória: 10 Gbps

A irmã mais velha da 1080 Ti, a 1080 é uma ótima placa de vídeo GTX para quem procura algo com muita potência, mas com um preço mais em conta, especialmente para quem ainda não migrou para o 4K.

Trazendo também a arquitetura Pascal, equipada com 8 GB GDDR5X de memória de vídeo, com um clock básico de 1607 Mhz, maior do que sua irmã, e um total de 2560 núcleos CUDA, a GTX 1080 possui potência mais do que suficiente para lidar com os jogos atuais.

Para aqueles ainda com um monitor em 1080p, essa é uma placa de vídeo GTX perfeitamente adequada. Nessa resolução, ela consegue entregar uma performance satisfatória em um nível de qualidade bem alto.

De acordo com benchmark realizados, lançamentos recentes como Assassin's Creed Valhalla e Watch Dog Legions, jogos que costumam exigir bastante da máquina, conseguem alcançar uma performance de 50-60fps com as configurações gráficas todas no alto, algo realmente impressionante para uma placa lançada há mais de cinco anos.

Caso você não se preocupe em jogar com os presets tudo no alto e nem novas tecnologias como ray tracing, a GTX 1080 também é uma placa de vídeo que poderá se manter relevante por um bom tempo, dando conta dos jogos por mais alguns anos.

A GTX 1080 ainda consegue alcançar resoluções mais altas que o 1080p, sendo bem adequada para o 1440p, mas ao contrário da GTX 1080 Ti, você precisará realizar algumas configurações no preset gráfico, diminuindo a qualidade de alguns recursos para que uma performance estável seja alcançada.

Ainda assim, é uma placa que compensa pelo seu preço muito mais em conta em comparação a 1080 Ti. Enquanto sua irmã mais potente passa dos R$ 4.000, a GTX 1080 pode ser encontrada na casa dos R$ 3.000, o problema é achar ela disponível no país. Mesmo assim é uma placa excelente para os dias atuais, ainda mais se encontrar uma usada por um preço em conta.

NVIDIA GeForce GTX 750 Ti

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy81Ni9wbGFjYS1kZS12aWRlby1ndHgtMDU1MjY2LndlYnA=

  1. Núcleos CUDA: 640
  2. Clock básico (MHz): 1020
  3. Memória: 2 GB GDDR5
  4. Velocidade da Memória: 5.4 Gbps

Uma placa que já é bem antiga, lançada originalmente em 2014, tendo percorrido um longo caminho até hoje. Dessa lista ela é a mais fraca, mas ainda assim não deixará na mão aqueles jogadores que só desejam aproveitar alguns jogos.

Obviamente para aqueles que procuram a melhor experiência gráfica ou em performance, essa não seja a placa perfeita. No entanto, para quem está atrás de uma placa de entrada com baixo custo, ela é mais que o suficiente.

Dificilmente você encontrará um preço tão em conta com uma performance adequada quanto a 750 Ti, uma placa de vídeo GTX da Nvidia que cumpre sua função de forma bem satisfatória.

Atualmente, é possível encontrar a GeForce GTX 750 Ti por valores menores do que R$ 2.000, um preço extremamente acessível se considerarmos os preços elevados de suas irmãs mais potentes.

Ao contrário do resto dessa lista, essa placa traz uma configuração bem mais modesta, contando com apenas 2 GB de memória GDDR5, uma velocidade de clock de 1020 MHz e 640 núcleos CUDA.

Para os fãs de jogos multiplayer, a GTX 750 Ti é uma placa muito boa. Em jogos mais leves, como Fortnite e Apex Legends, ela consegue se manter acima dos 60fps entre os presets baixo e médio. Já em jogos mais pesados, como Red Dead Redemption 2, ela ainda consegue manter uma performance de 30fps estáveis.

Caso você não seja um jogador do tipo muito exigente, e só queira jogar alguns títulos multiplayer e aproveitar alguns jogos com uma performance estável, a GTX 750 Ti se torna um excelente custo-benefício.

A GTX 750 Ti se apresenta como uma boa escolha para qualquer um que deseje adquirir uma placa de vídeo atualmente, mas não esteja pensando em gastar muito, talvez até mesmo para usar como uma placa temporária enquanto espera os preços das novas placas baixarem.

Veja Também:

  1. Battlefield 2042 será gratuito para quem adquirir placas Nvidia RTX 3000 selecionadas
  2. DLSS em Red Dead Redemption II já está disponível

NVIDIA GeForce GTX 1650

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy81Ni9wbGFjYS1kZS12aWRlby1ndHgtMDU1MjY5LndlYnA=

  1. Núcleos CUDA: 896
  2. Clock básico (MHz): 1665
  3. Memória: 4 GB GDDR5
  4. Velocidade da Memória: 8 Gbps

A GTX 1650 é uma excelente placa intermediária, sendo a sucessora da popular GTX 1050. Graças a tecnologia Turing, ela apresenta diversas melhorias em relação a sua antecessora e uma performance bem superior.

A arquitetura Turing permite que a GTX 1650 consiga entregar uma experiência de jogo ainda mais rápida, ao mesmo tempo que traz uma eficiência de energia que chega a ser 1,4x melhor do que o visto na geração anterior.

Para os jogadores que procuram uma placa que trará bons resultados nos jogos, mas dentro de um orçamento bem acessível, essa placa se mostra como uma ótima opção, cabendo no seu bolso com maior tranquilidade.

A GeForce GTX 1650 conta com 4GB de memória de vídeo do tipo GDDR5, 896 núcleos CUDA e uma velocidade de clock base de 1485 MHz, embora possa chegar até 1665 MHz quando no modo Boost.

Em testes de benchmark realizados recentemente, a GTX 1650 conseguiu se manter acima da marca dos 30fps em jogos atuais, incluindo títulos como Resident Evil Village e Control, mesmo quando em configurações gráficas média e alta. Em jogos mais leves, como Counter-Strike: Global Offensive, a placa consegue até superar a casa dos 100fps, sendo perfeita para jogos nesse estilo de multiplayer rápido.

Além disso, a GTX 1650 é uma placa extremamente compacta, com um tamanho bem reduzido, se tornando muito chamativa também para aqueles que estão montando um PC Gamer Mini ITX. Suas duas ventoinhas também ajudam bastante a dissipar o calor de forma eficiente.

Conclusão

Como você pode ver nessa matéria, uma placa de vídeo GTX ainda se apresenta como uma excelente escolha para aqueles que não desejam ainda apostar nas novas RTX da Nvidia, ainda mais com os preços estando tão elevados.

No geral, embora já tenha se passado um bom tempo desde que a maioria delas foi lançada e não apresentem algumas tecnologias mais recentes, como o ray tracing e o DLSS, as GTX ainda apresentam uma boa performance, mesmo em jogos mais atuais que exigem mais do hardware.

Além disso, muitas delas ainda apresentam um preço muito mais em conta para uma época onde montar seu PC Gamer vem se mostrando como uma tarefa extremamente cara e difícil.

As placas de vídeo GTX ainda se beneficiam dos diversos softwares da Nvidia, recebendo constantes atualizações de drivers. Graças a isso, elas costumam ser otimizadas para poderem extrair o máximo de cada lançamento de jogos.

As GTX também possuem suporte para as várias funções incrementadas pela Nvidia, como o Geforce Experience, o qual permite você monitorar a performance de seus jogos, gravar suas melhores partidas ou até mesmo fazer stream direto para seu canal de vídeo.

No final, é uma excelente escolha de placa de vídeo, e com certeza você não irá se arrepender do resultado entregue por nenhuma delas caso opte por adquirir. O problema pode ser a dificuldade atual de encontrá-las no mercado nacional.

Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Publicações em Destaque
#Games, Por Frocharocha,
#Mundo, Por Goldeneye_007,
#Mundo, Por coca,