.

Rumor: Diablo 4 só chegará em 2020 ou depois

Enviado por SSA_Gamer, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Versão inicial inspirada em Dark Souls foi cancelada.


Depois da enorme controvérsia gerada pelo anúncio de Diablo: Immortal para mobile e da ausência de informações sobre Diablo 4, os fãs da Blizzard estão irritados com a forma como a companhia está a tratar a propriedade.

Já muito foi dito sobre o que aconteceu na BlizzCon 2018, especialmente sobre a reação dos jogadores, mas Jason Schreier do Kotaku decidiu falar com funcionários da companhia para saber mais sobre o que se passa.

Schreier conversou com funcionários da Blizzad, que preferiram permanecer no anonimato, sobre o passado, presente e futuro da propriedade Diablo, revelando problemas que abalaram a série e a equipa de desenvolvimento.

Segundo as pessoas que aceitaram falar com o Kotaku, a gestão da Blizzard encarou Diablo 3 como um falhanço e apesar do sucesso de Reaper of Souls, decidiu não apoiar mais o jogo e cancelou uma segunda expansão que estava em planeamento.

A equipa de desenvolvimento perdeu membros, alguns saíram da Blizzard e outros foram ajudar a desenvolver outros jogos, mas quem ficou na Team 3, responsável pela série Diablo, começou logo a trabalhar em Diablo 4.

A visão inicial para este novo jogo foi influenciada por Dark Souls e trocaria a perspectiva isométrica por uma câmara sobre o ombro, na terceira pessoa. Durante 2014 e 2016, a equipa trabalhou neste jogo, enquanto mantinha o apoio a Diablo 3, mas eventualmente esta versão foi cancelada.

Os motivos para o seu cancelamento não são conhecidos pelos funcionários que falam com o Kotaku, mas o principal responsável pelo projeto também saiu da Blizzard nessa altura.

Nesse momento, a Team 3 começou a trabalhar num novo projeto, enquanto desenvolvida Rise of the Necromancer para Diablo 3.

O "Projeto Fenris", nome de código para o jogo que poderá vir a ser conhecido como Diablo 4, está em desenvolvimento desde 2016 e um ex-funcionário da Blizzard diz que a equipa está otimista.

Este Diablo 4 será mais sombrio e sem os elementos estilo cartoon presentes em Diablo 3, usando como lema "Abraça a Escuridão" por parte da equipa que está a trabalhar no jogo.

Várias fontes confirmaram esta mudança na direção de arte e dizem que a equipa quer apresentar algo mais ao estilo de Diablo 2.

Este "Projeto Fenris" poderá demorar até 2020 a chegar às lojas, talvez mais tarde, e a versão atual usa uma câmara isométrica, mas as fontes anónimas dizem que muito poderá mudar.

A Blizzard está ainda a debater sobre os aspectos sociais e como criar masmorras e outros eventos que serão enfrentados por diversos jogadores, enquanto pensa ainda em como monetizar Diablo 4.

Várias fontes também confirmaram que a Blizzard estava mesmo a planear um anúncio de Diablo 4 para este ano e uma demo jogável, mas o desenvolvimento não avançou o suficiente.

Outra pressão na equipa de desenvolvimento são os cancelamentos da Blizzard, deste Titan à segunda expansão de Diablo 3, o que os deixa com medo que um longo período de desenvolvimento possa resultar em nada.
SSA_Gamer
Enviado por SSA_Gamer
Membro desde
69 anos, Salvador
label