.

Vulnerabilidades Spectre e Meltdown também podem atingir os consoles

Enviado por Turokrj, , 1701 visualizações, 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Houve duas vulnerabilidades graves de chips de processadores anunciadas durante a semana que afetam a maioria de todos os processadores nos últimos 20 anos devido a uma técnica de desempenho amplamente utilizada chamada execução especulativa.

Em termos básicos, essas vulnerabilidades permitem que aplicativos e até mesmo Javascript sejam lidos a partir da memória protegida - incluindo senhas e outras informações seguras - no nível do kernel. O foco centrou-se em patches de computadores, mas esses mesmos chips são freqüentemente encontrados nos consoles atuais.

Dado que essas vulnerabilidades são bugs de nível de hardware que a maioria dos sistemas operacionais não foram projetados para proteger contra, é provável que cada console atual e de última geração seja vulnerável a alguma variante do Specter e possivelmente Meltdown.

O vetor de ataque mais provável seria através do navegador incluído nos consoles. Simplesmente visitar um site com o código Javascript exploratório seria suficiente para ler as informações na memória desses dispositivos.

Portanto, o recomendado, no momento, é que não usem nenhum navegador no console até que a Sony, Nintendo e Microsoft forneçam atualizações para o sistema. Isso vale para sistemas portáteis como o Nintendo Switch também, já que a ARM afirmou que seus chips Cortex são vulneráveis.

O que diz a Microsoft sobre o Xbox One


Mike Ybarra afirmou atravéz de sua conta no Twitter:


Clique para ver a imagem em tamanho original

"FYI: a arquitetura de segurança do Xbox já mitiga as recentes vulnerabilidades de segurança relacionadas a chips".


Segundo ele, a arquitetura do Xbox One foi projetada precisamente para evitar falhas deste tipo que podem causar danos de qualquer tipo ao console, de modo que os proprietários do Xbox não terão que enfrentar problemas devido as vulnerabilidades Spectre e Meltdown .

Sobre o do Nintendo Switch


A empresa por trás da CPU do Nintendo Switch, Nvidia, está atualmente preparando correções apropriadas:



"O negócio principal da Nvidia é a computação da GPU. Acreditamos que a nossa GPU seja imune ao problema de segurança relatado e estamos atualizando nossos drivers de GPU para ajudar a mitigar o problema de segurança da CPU. Quanto aos nossos SoCs com CPUs ARM, nós os analisamos para determinar quais são afetados e estamos preparando soluções apropriadas."
Turokrj
Enviado por Turokrj
Membro desde
47 anos, Danger de Janeiro
label