.

Grandes pontos misteriosos em Plutão intrigam cientistas da NASA

Enviado por Frocharocha, , 6810 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL2luZm8uYWJyaWwuY29tLmJyL2ltYWdlcy9tYXRlcmlhcy8yMDE1LzA3Lzg4NXg1OTMtbmgtNy0xLTE1LXBsdXRvLWNoYXJvbi1jb2xvci1oZW1pc3BoZXJlcy11bmFubm90YXRlZC1qaHVhcGwtbmFzYS1zd3JpLW5vLWJveGVzLTMtMS0yMDE1MDcwMzE2MzUzOC5qcGc=[/img]
A sonda americana New Horizons, que começou a explorar Plutão para desvendar os mistérios do distante planeta anão e suas luas, acaba de fazer mais uma descoberta: grandes pontos misteriosos foram capturados, em fotos coloridas, na superfície de Plutão.

Os pontos espaçados medem, cada um, 480 quilômetros de diâmetro - o equivalente ao tamanho do estado de Missouri, nos Estados Unidos. Por conta disso, os cientistas não conseguiram detectar suas origens, mas isso pode mudar com a aproximação da sonda ao planeta, que está prevista para o dia 14 deste mês.

Assim que a New Horizons se aproximar de Plutão, a NASA também planeja estudar se há nuvens no planeta. Caso haja, elas poderão ser usadas para rastrear a velocidade e a direção dos ventos do lugar.

Além disso, a NASA divulgou que seu observatório SOFIA e pesquisadores usando telescópios confirmaram que a atmosfera de Plutão não congelou - como muitos acreditavam que aconteceria um dia, impossibilitando uma exploração mais detalhada.

"A atmosfera de Plutão está viva e bem, e não congelou na superfície," de acordo com Leslie Young, cientista adjunta do projeto New Horizons. "Estamos muito satisfeitos!", disse ela no comunicado oficial postado pela NASA em seu site.
Frocharocha
Enviado por Frocharocha
Membro desde
38 anos, São Paulo
label