.

ESRB quer controle de trailers de jogos violentos

Enviado por Anônimo, , 153 visualizações, 0 comentários
A distribuidora D3, responsável pelo jogo Dark Sector, contatou diversos sites de jogos pedindo a remoção de dois vídeos a respeito de seu próximo título, alegando ter recebido ordens da ESRB (Entertainment Software Rating Board), organização que controla a classificação etária de títulos.
Segundo o site CVG, na notificação à D3 alega que a ESRB solicitou a retirada do material publicitário de Dark Sector por este possuir conteúdo ofensivo que só poderia estar disponível para download ou visualização se estivessem por trás de um sistema de verificação de idade.
Patricia Vance, presidente da ESRB, explicou que todos os trailers e vídeos precisam estar de acordo também com os princípios do ARC (Conselho Revisor de Publicidade), seguidos pela organização e que proíbe a exibição de conteúdo de violência excessiva ou que cause ofensas sérias ao consumidor padrão.
Entre os motivos pelos quais um trailer ou vídeo podem ser julgados inadequados estão retratação excessiva de violência, armas, sangue, abuso contra crianças, mulheres, tortura de animais, violência contra figuras públicas ou qualquer forma de mutilação e sadismo.
O site 1UP informa que o pedido não foi feito apenas à D3, mas também à Microsoft e à 2K Games.
label