.

As 14 DLCs mais cara-de-pau da história dos videogames

Enviado por Anônimo, , 2511 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTQvMDIvc2YzLmpwZw==[/img]
Fala, galera, tudo bom com vocês?

Hoje vamos falar sobre um assunto bem controverso, as DLC. Para quem não sabe do que se trata (fala aí seu jogador de jogo pirata), DLC é um conteúdo extra que você compra e baixa para o seu jogo.
Às vezes isso significa uma campanha completamente nova, às vezes cenários novos, às vezes uma armadura para o seu cavalo. Isso mesmo, hoje vamos falar sobre alguns dos DLCs mais cara de pau da história dos games.

1.Pagar por uma nova paleta de cores


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTQvMDIvc2YzLmpwZw==[/img]
Em Street Fighter III: 3rd Strike para Xbox 360 e PlayStation 3, a Capcom fez um excelente trabalho em trazer o melhor jogo de luta de todos os tempos (opinião minha, não fique nervoso) para os consoles de nova geração e implementar novidades muito boas, como a possibilidade de desafiar outras pessoas pela internet.
Até aí tudo bem, mas olha a sacanagem dessa imagem acima, os caras queriam vender roupas novas para os personagens via DLC que não representavam nada mais do que a troca da paleta de cores do personagem.
Aliás, quem por acaso curte usar o Ken com um quimono que não seja o vermelho?

2.Pagar por.. vidas extras!


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTQvMDIvdmlkYXMuanBn[/img]
Em Sonic Lost World, você podia comprar o jogo antecipadamente pela Amazon e receber esse baita bônus em DLC: 25 vidas. Sério, SEGA, vocês não têm mais o que inventar?
O pior é que o pacote foi disponibilizado depois para compra dentro do jogo, apesar de eu não entender muito bem o porquê disso, já que você pode simplesmente recarregar o seu save quando der game over e não ser penalizado por isso, no máximo você tem que voltar a passar de uma ou duas fases, mas enfim, esse provavelmente é o DLC mais desnecessário da história.

3.Pagar para subir de nível mais rápido


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTQvMDIvdGFsZXMtb2YtdmVzcGVyaWEtNjIweDM0OC5qcGc=[/img]
Você compra um jogo de RPG mas tem preguiça de dar level up nos seus personagens. O que você faz? Paga para que eles ganhem níveis, é claro. Em 2008, a Namco teve essa brilhante ideia em Tales of Vesperia. Que bom que a moda não pegou, senão imagina o que iam ser os RPGs de lá para cá.

4.Pagar por armadura pro cavalo


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTQvMDIvdGVzNC1ob3JzZWFybW9yMDEuanBn[/img]
A ideia de liberar conteúdo por meio de download pago para jogos surgiu um pouco após o lançamento de The Elder Scrolls: Oblivion, e a Bethesda decidiu experimentar com essa nova modalidade de ganhar dinheiro.
O problema é que os desenvolvedores não entenderam direito a ideia da coisa, ou eram muito visionários nas práticas do DLC completamente inútil, já que lançaram a possibilidade de você comprar armaduras para enfeitar o seu cavalo no jogo e só, pois elas não protegiam eles de maneira melhor, eram apenas um enfeite de US$ 2,50.

5.Pagar por roupas ridículas


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTQvMDIvbGlnaHRuaW5nLW1vb2dsZS02MjB4MzQ4LmpwZw==[/img]
Aqui temos essa roupa de Lightning Returns que não tem nada a ver com o nosso colaborador Mooglez. A Square Enix meio que se emocionou com a ideia de roupas extras para a Lightning e lançou uma penca delas. Tem roupa da Aerith do Final Fantasy VII, da Yuna do Final Fantasy X, da Lara Croft, enfim, tem roupa para todos os gostos, por piores que eles sejam.

6. Pagar por mapas que já existiam no jogo passado da mesma produtora em Call of Duty: Black Ops


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDEvY2FsbC1vZi1kdXR5LWJsYWNrLW9wcy1yZXp1cnJlY3Rpb24tMDEtNzQweDQ2NC5qcGc=[/img]
Veja bem, o modo Rezurrection de Call of Duty: Black Ops é realmente divertido e adiciona várias horas ao jogo. Até aí beleza, o problema é que….esses são os mesmos mapas de World at War, ou seja, o trabalho que a Treyarch teve foi copiar e colar os mapas do jogo antigo deles no novo e fazer mais alguns milhões em cima de trabalho já feito dois anos antes.

Pior, ele custava 15 dólares, o que nos dias de hoje significa mais ou menos o PIB da Venezuela.

7. Pagar por itens para o seu Avatar no Xbox 360


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDEvYXZhdGFyd2ViLTc0MHg0MTYuanBn[/img]
Convenhamos, o sistema de Avatar do Xbox 360 é bem legal. A ideia de poder ganhar roupas para o seu personagem e tudo mais foi uma boa sacada da Microsoft, não fosse o fato de todas as roupas legais estarem disponíveis apenas para quem pagar uns trocados.
Eu sinceramente acho bem complicado gastar 2~5 dólares por uma peruca pro meu avatar e parece que mais gente também pensa assim, já que faz muito tempo que eu não vejo um jogo que libere itens de avatar.

8. Pagar pelo modo Versus em Resident Evil 5


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDEvcmVzaWRlbnQtZXZpbC01LXZlcnN1cy1tb2RlLTAxLTc0MHg0MTYuanBn[/img]
Resident Evil 5 realmente não é um dos pontos altos da franquia. Além de uma inteligência artificial horrível no modo co-op, o jogo ainda tem uma história e gameplay bem fracos e são um dos maiores exemplos do jogo "comprei e enchi o saco dele com 15 minutos de gameplay".


Como melhorar a situação? Lançando um DLC de modo Versus no mesmo mês de lançamento do game que não adiciona absolutamente nada além da possibilidade de você atirar no seu amigo em cenários presentes dentro do jogo. Depois a Capcom não sabe porquê tem prejuízo em cima de prejuízo.

9. Pagar por peitos em The Saboteur


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDEvdGhlLXNhYm90ZXVyLTAxLTc0MHg0MzcuanBn[/img]
Quer um bordel topless no seu jogo? Insira o número do seu cartão de crédito aqui

10. Pagar pelo final do jogo em Asura's Wrath


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDIvMTc0MzE4LTc0MHg0MTYuanBn[/img]
Asura's Wrath é um jogo que não me agradou tanto assim, mas tem quem goste.
Quando você finalmente chega no fim do jogo e descobre quem é o responsável por tudo de ruim que aconteceu com o personagem principal, o que imaginar? Que o próximo passo é quebrar os dentes dessa pessoa, né? Não, o próximo passo é sacar o cartão de crédito e pagar 7 dólares pelo Episode Pack 4 e aí sim quebrar os dentes desse vilão. Caso contrário, a história acaba ali.

11. Pagar por personagens aleatórios em Final Fantasy: All the Bravest


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDIvRkYtQWxsLXRoZS1CcmF2ZXN0LU1pc2MtNzQweDM4OS5wbmc=[/img]
Final Fantasy: All the Bravest é um dos capítulos mais vergonhosos da história do jogo. Nele, a Square Enix pegou todo o câncer dos jogos Free to Play e levou às alturas, com absurdos como você ter que esperar por horas para reviver os seus personagens (aparentemente, as Phoenix Down estão em falta no mundo).
Nada mais absurdo, entretanto, do que o modo de compra de personagens do jogo. Nele, você compra um personagem aleatório dos 35 disponíveis. Ou seja, caso você queira o Cloud, por exemplo, a chance de você compra-lo, de fato, é de 1 em 35. Cada tentativa custa 1 dólar. Faça as contas e veja quanto você precisa gastar para ter uma mínima chance de, de fato, desbloquear o personagem.

12. Pagar para destruir o próprio jogo em Fallout 3


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDIvMTA0MzE3My1mYWxsb3V0XzNfcG9pbnRfbG9va291dF9wbGF5c3RhdGlvbl8zX3BzM18wMDItNzQweDQxNi5qcGc=[/img]
Fallout 3: Point Lookout quando foi lançado, foi um completo desastre. O DLC até adicionava novidades que seriam interessantes no jogo, não fosse um pequeno detalhe: o jogo vai pro espaço com isso e fica completamente bugado, travando e fechando do nada.
Eu não sei vocês, mas pagar pra destruir o próprio jogo não parece uma ideia muito espera. Agora alguém me explica como diabos a Bethesda deixou esse jogo passar pelo controle de qualidade?

13. Pagar para poder jogar online


[img]hide:aHR0cDovL2NyaXRpY2FsaGl0cy5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDIvb25saW5lcGFzczItNzQweDQxNi5qcGc=[/img]
Para fechar a nossa lista de hoje, a DLC mais cara de pau de todos os tempos, que felizmente já foi abolido: os Online Passes. As companhias odeiam que cópias usadas de seus jogos sejam vendidas.
Como lucrar alguma coisa com isso?
Colocando um online pass, ou seja, trancando o conteúdo online do jogo atrás de um código ou do pagamento de 10 dólares por parte do jogador que comprou o game usado. Isso, claro, depois de você assinar a Xbox Live Gold, caso você fosse um dono de Xbox 360, ou seja, você precisava pagar duas vezes para acessar o modo online do jogo.

14. Pagar pra transformar seu cachorro em um lobo no CoD Ghosts.


[img]hide:aHR0cDovL2Nkbi5zdXBlcmdhbWVwbGF5LmNvbS5ici93cC1jb250ZW50L3VwbG9hZHMvMjAxMy8xMi9jYWxsLW9mLWR1dHktZ2hvc3RzLXdvbGYuanBn[/img]
O que é muito mais legal do que um cachorro? Um lobo, obviamente, ou pelo menos é isso o que a Infinity Ward acha ao disponibilizar um DLC para Call of Duty: Ghosts no Xbox 360 e no Xbox One onde você pode transformar o seu amigo canino numa versão um pouco mais selvagem dele.

A DLC, entretanto, infelizmente é paga, então, se você quiser mudar o skin do seu companheiro de quatro patas, será necessário pagar US$ 1,99( algo entre 5 a 6 reais)para ter essa maravilha de DLC tão útil quanto aquela armadura pra cavalos de The Elder Scrolls IV: Oblivion.


Bom, pessoal, esses são os itens da lista de hoje. Espero que vocês tenham gostado! Adicionariam algum? Deixem seus comentários!
label