.

Perfil: Serge (Chrono Cross)

Enviado por Anônimo, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Um dia, um funcionário da Square-Enix, com tempo livre suficiente, pensou em uma continuação para Chrono Trigger. Levou a ideia para a diretoria e, depois de um papo sobre como seria estúpido criar um personagem com jaqueta de couro preta usando uma espada que atira, para Final Fantasy. Eles decidem, então, fazer algo mais sério e começam a estudar um pouco de física e filosofia. Assim, anos depois, nasce Chrono Cross. Um jogo que deixaria de cruzar épocas para cruzar dimensões. E é neste jogo que encontramos Serge, um personagem complexo e misterioso que, diante de uma vida rotineira, se vê cercado por acontecimentos que mudariam não só seu cotidiano, mas que acordariam, também, uma besta aprisionada na escuridão do tempo, pondo em risco toda a humanidade.
Atenção: Quantidade goliesca de spoilers presentes neste artigo!!
Perfil de um herói

17 anos, corpo atlético e complexo. Residente da vila pesqueira de Arni, Serge é o protagonista de Chrono Cross e um estudante das artes da "swallow", uma arma a qual domina com maestria. Com seu cabelo azul, Serge usa uma bandana vermelha bordada com ouro e veste um calção azul com desenhos em um tom mais claro. Vestindo uma regata com tons cinza e marron claro e uma camisa preta por baixo, ele também possui um colar com o símbolo da vênus invertida, sugerindo masculinidade. Serge é inato ao branco (e, como consequência, fraco ao preto) e possui um "grid" de elementos com "limit breaks" semelhantes à Chrono de Chrono Trigger.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Mas o que é um protagonista silencioso?
Como o próprio título diz, Serge é um personagem de poucas palavras. Poucas?! Na verdade, é um protagonista que não fala absolutamente nada em nenhuma parte do jogo. Os únicos momentos em que você pode presenciar falas deste personagem é quando ele não está mas sob seu controle, ou é outra pessoa ou está em jogo diferente. Mas, isso será explicado mais adiante.

Traumas de infância
Aos 3 anos de idade, Serge, ferido por uma pantera, foi levado às pressas por seu pai, Wazuki, a Cronópolis. Lá, Serge entra em contato com a Frozen Flame, onde, além de curado, desativa esta para o supercomputador FATE. Meio machucado, Wazuki retorna com Serge para Arni.
A seguir, temos uma sucessão de maus tratos familiares.

Quatro anos depois do ocorrido, Serge sofre uma tentativa de afogamento de ninguém menos que seu pai. Sim! Seu... próprio... pai!!! Aquele que um parágrafo atrás estava desesperado à procura de uma cura para o filho. Algum assistente social, por favor?!
O que ocorre é que Wazuki agora está completamente submisso às ordens de FATE, que não poupa esforços em retomar o acesso ao Frozen Flame. Lembra que ele saiu ferido de Chronopolis? Pois é, algo de ruim aconteceu nesse meio tempo.

Mas, por ventura do destino, eis que surge Kid e empata de vez este ato de "carinho" entre pai e filho. Com o mau sucesso da missão, Wazuki é recrutado novamente a Chronopolis, onde lhe garantem uma nova forma, agora como Lynx.

Serge nas mãos de FATE
Com Kid perambulado entre as dimensões, FATE arquiteta um plano minucioso e macabro: usar Lynx (antes Wazuki) para roubar o corpo de Serge e assim obter acesso a chama. O computador previu que um dia Serge usaria a divisão que criou para cruzar as dimensões, e foi o que de fato aconteceu. 10 anos depois, em um dia rotineiro, Serge acorda de sua cama, sem tomar café e dar "Bom dia!" para sua mãe, e parte em busca de escamas para sua vizinha do lado "Leena". Sim! Por que todo trauma na infância te deixa com obrigações matinais de agradar mulheres.

Então, após uma conversa na praia, um clima romântico surge e entre promessas feitas um pro outro, eis que... Uma onda enorme aparece e engole Serge!! Quer aprender a quebrar o clima com sua namorada? Esta jogando o jogo certo, amigo.

Mas isso não é o suficiente para matar Serge, e sim para transportá-lo ao outro mundo. Ao acordar, ainda meio confuso, ele se depara com o Karsh, Solt e Peppor que, em um diálogo não tão amigável e longo, faz Kid aparecer salvando a pele novamente do garoto de cabelos azuis.
Após o susto, e mais uma conversa com Kid, Serge toma conhecimento de sua morte e do porque estão atrás dele, fazendo, junto a sua nova amiga rumarem a Termina. Sim, por que saber que você está morto é o menor dos problemas! Chegando a cidade, você decide com quem seguir para Viper Manor atrás de mais respostas. Lá, Serge se depara com Lynx, que atinge Kid fazendo-os parar em Guldove atrás de tratamento. Eis que Serge se encontra em um dilema de salvar ou não sua parceira. Tal decisão influirá somente nos personagens do seu grupo. Mas, você não será troglodita o bastante para deixá-la morrer, não é?

Então, a partir daí, Serge e seus amigos iniciam suas buscas pelas Lágrimas de Dragão como forma de tentar corrigir um pouco as coisas. Mas, sem saber, ele é apenas uma peça no jogo pretencioso de FATE.

Um outro Serge. Um outro Lynx
Em um dos momentos mais épicos do jogo, podemos presenciar a troca de corpos entre Serge e Lynx, após este introduzir sua arma em Kid, durante um ritual Dragoniano. Afirmação maliciosa esta, não?!
Pois bem, Lynx, agora no corpo de Serge, manda o garoto para um vortex temporal, antes mesmo que ele possa derramar uma lágrima pelo corpo de sua amiga. Lá, sem nenhum remorso (Serge, você é um protagonista silencioso, não um ser inexpressivo. Tenha compaixão!) e sem entender absolutamente nada do que realmente aconteceu, encontra Sprigg, uma adorável senhora que o ajudará a achar uma saída de volta ao mundo real.

Porém, Lynx, sabendo que ele poderia retornar, e após frequentar aulas de física, usou a vantagem que tinha na teoria da relatividade, aproveitou do espaço de tempo que era relativo ao vortex temporal e fez um estrago danado enquanto Serge esteve ausente. E ,consequentemente, no corpo do garoto, a reputação de Serge não é das melhores. Todos passam a odiar Serge como se não houvesse amanhã. Diante de tal situação, o garoto de cabelos azuis se vê forçado a restabelecer o equilíbrio entre as dimensões, confrontar FATE, recuperar seu corpo de volta e, se sobrar tempo, levar Kid para dar uma voltinha no navio de Fargo.

O garanhão
Outra situação que podemos ver durante o jogo, é o quanto Serge é disputado pelas personagens Leena, Kid e Harle. No início do jogo vemos um clima inocente de amor entre Serge e Leena, porém, efêmero devido a sua "morte". Depois presenciamos uma sólida amizade entre ele e Kid, que ameaçada pelas cantadas de Harle, começa a amadurecer um amor escondido e egoísta para si. Talvez o segredo para se conquistar mulheres esteja em ser um protagonista silencioso. Afinal, mulheres adoram homens que falam pouco e são bons ouvintes.
Serge em Radical Dreamers
Ao contrário de Chrono Cross, em Radical Dreamers (SNES), Serge é um personagem mais atuante e desajeitado. Possui uma paixão lúdica por Kid, e sempre que pode, ri de suas poucas destrezas em batalha. Apesar de serem extremamente diferentes em aparência e personalidade, os eventos vividos por Serge em Radical Dreamers e Chrono Cross são bastante semelhantes.
Vantagens

Aprende técnicas em dupla e trio
Vasto "grid" elemental
Forte personagem inato a branco

Desvantagens

Fraco contra personagens inatos a preto
Não jogável durante um tempo considerável no jogo

Técnicas Elementais (Limit Breaks)

Dash & Slash (Serge dispara com sua swallow em direção ao inimigo)
Luminaire (velho conhecido de Chrono Trigger, Serge flutua concentrando uma enorme energia liberando-a)
Flying Arrow (Serge pula e concentra todo seu poder em forma de lança contra o inimigo)
label