Flop colossal! The Lord of the Rings: Gollum tem a pior média de notas do ano

Flop colossal! The Lord of the Rings: Gollum tem a pior média de notas do ano

Confira as notas que o jogo vem recebendo!
#Games Publicado por Vinicius, em

Em breve teremos o lançamento de The Lord of the Rings: Gollum, o mais novo jogo baseado no popular universo de O Senhor dos Anéis, o qual acompanhará a jornada de Gollum durante os acontecimentos da trilogia original.

Desde seu anúncio os jogadores já se mostraram com o pé atrás com o jogo, agora as notas finalmente saíram e parece que temos provavelmente o jogo com pior média do ano, sendo extremamente criticado pelos péssimos controles, visuais datados e experiência repleta de bugs.

Análises

  1. 50 - CGMagazine
  2. 50 - God is a Geek
  3. 45 - Noisy Pixel
  4. 40 - GamesRadar+
  5. 40 - We Got This Covered
  6. 30 - Inverse
  7. 30 - WellPlayed
  8. 20 - GameSpot
  9. 20 - Push Square

No momento da escrita dessa matéria, The Lord of the Rings: Gollum encontra-se com uma média de 37 no MetaCritic e 38 no OpenCritic.

GameSpot

Assim como a busca de Gollum pelo Anel, minha busca para completar The Lord of the Rings: Gollum estava cheia de contratempos sem fim, probabilidades impossíveis e níveis cada vez maiores de loucura. E, assim como Gollum, minha jornada estava condenada desde o início. Portanto, se o principal objetivo dos desenvolvedores era realmente me colocar no lugar de um personagem tão lamentável e desagradável, confrontado com dor e sofrimento constantes a cada passo, eles pelo menos tiveram sucesso nisso.

Noisy Pixel

Infelizmente, The Lord of the Rings: Gollum não é o precioso que estávamos procurando. A mecânica de batalha de Gollum é divertida, mas não é uma característica proeminente em um jogo consumido por seções de plataforma terríveis e visuais datados. A atuação acrescenta promessa à experiência junto com uma trilha sonora estelar, mas não há nenhuma razão real para você jogar este jogo, a menos que anseie por uma experiência de plataforma retrô ou simplesmente ame o Gollum.

GamesRadar+

No final das contas, é difícil não sair do jogo com um gosto amargo na boca. Você pode ver vislumbres da intenção da Deadalic em criar um tipo diferente de jogo do Senhor dos Anéis, particularmente nas forma como ele manifesta o estado psicológico único de seu herói, mas esses pontos brilhantes são rapidamente perdidos em meio a todas as outras formas pelas quais Gollum tropeça em sua execução.

We Got This Covered

The Lord of the Rings: Gollum possui resquícios de boas ideias espalhados por toda parte, mas elas são lamentavelmente prejudicadas por gráficos datados; controles rígidos e instáveis; bugs, glitches e travamentos sem fim; e mecânicas no jogo que não atendem às suas elevadas ambições.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy85MS8wOTA3NjMucG5n

Devido a sua péssima recepção por parte da crítica, The Lord of the Rings: Gollum é atualmente a pior nota do ano no MetaCritic, ficando na última posição com vários pontos atrás do penúltimo colocado.

The Lord of the Rings: Gollum será lançado em 25 de Maio para PC, PlayStation 4, PlayStation 4, Xbox One e Xbox Series X|S.

Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis