Activision Blizzard pede ao Tribunal da Califórnia para que anule processo da DEFH contra a editora

Activision Blizzard pede ao Tribunal da Califórnia para que anule processo da DEFH contra a editora

Após o DFEH falhar em mostrar provas e provar sua tese, manchando a reputação da empresa
#Games Publicado por Billy Butcher, em

A Activision Blizzard pediu a um Tribunal do Estado da Califórnia que rejeite o processo de assédio e discriminação movido contra ela em julho passado, após a DFEH falhar em provar que a editora era culpada em sua queixa.

A VentureBeat relata que a editora apresentou seu pedido ao Tribunal Superior de Los Angeles, fazendo várias acusações sobre a maneira como o Departamento de Emprego Justo e Habitação (DFEH) conduziu sua investigação antes de entrar com o processo em julho.

A empresa alega que o DFEH não investigou adequadamente as reivindicações, interrompeu a investigação antes de receber os materiais que havia solicitado da Activision Blizzard e não negociou uma resolução antes de entrar com o processo.

Em um comunicado, a editora disse:

"Estamos nos movendo para descartar a reclamação do DFEH porque a agência violou suas próprias regras, agiu de má fé e minou sua autoridade para entrar com esse processo."

"Nossa moção vem poucos dias depois que nos juntamos à EEOC [Equal Employment Opportunity Commission] em oposição à sexta tentativa do DFEH de interromper o acordo federal alcançado com o EEOC que já está ajudando a Activision a construir um local de trabalho melhor e mais inclusivo e proporcionando alívio e encerramento para atuais e ex-funcionários."

O EEOC também leva em consideração as queixas da Activision contra o DFEH. No ano passado, foi relatado que o Departamento designou dois advogados que trabalharam no caso da EEOC contra a Activision para sua própria investigação, que tanto a editora quanto a EEOC mais tarde chamaram de violação ética.

O DFEH também é acusado de ir além de suas atribuições; originalmente, o EEOC estava investigando assédio, abuso e retaliação, enquanto o DFEH deveria se concentrar em disparidades e discriminação de gênero em relação a salários e promoções. No entanto, este último fator de assédio em seu processo também.

A Activision Blizzard disse que o processo do DFEH prejudicou injustamente sua reputação e minou a confiança do público na editora.

O novo pedido também acusa o DFEH de alimentar uma campanha de mídia para prejudicar a reputação da Activision Blizzard e da EEOC.

A Activision anunciou um acordo com o EEOC em setembro, que incluiu um fundo de US$ 18 milhões para os requerentes elegíveis. Apesar das objeções e tentativas de bloqueio do DFEH, um tribunal federal aprovou esse acordo no mês passado.

O DFEH disse que responderá ao pedido da Activision com seu próprio processo judicial. O processo da DFEH é um dos vários que a Activision Blizzard enfrentou no ano passado. No mês passado, um tribunal distrital dos EUA rejeitou uma ação movida pelos próprios investidores da Activision, que acusaram a editora de enganá-los ao não divulgar os problemas com seu local de trabalho.

Caso o processo da DFEH, por falha do próprio Departamento, seja oficialmente cancelado, a Activision Blizzard se livra por completo de todas as denúncias acusatórias contra a editora, marcando algo bastante único na indústria.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Publicações em Destaque
#Games, Por coca,
#Games, Por coca,