Embracer Group faz duras críticas para as polêmicas recentes da Activision Blizzard e Ubisoft

Embracer Group faz duras críticas para as polêmicas recentes da Activision Blizzard e Ubisoft

Gigante da indústria de videogames defendeu os desenvolvedores que sofreram abusos e assédios nas rivais
#Notícias Publicado por Billy Butcher, em

O mundo dos negócios é bastante volátil, e quando se trata da indústria de videogames, o momento em que uma grande editora começa a fazer constantes críticas e reprovar atitudes de sua rival, é quando uma rivalidade se instala.

No mercado de Third-party's, temos 5 grandes nomes que dominam tudo, Activision Blizzard, a maior de todas, Electronic Arts, o segundo maior, Embracer Group, o terceiro maior império na indústria, Take-Two Interactive, que nesse ano está em quarto lugar, e continua caindo com o passar dos tempos, e a Ubisoft, que está sempre no quinto lugar da tabela de maiores editoras da indústria.

Durante seu resultado financeiro trimestral realizado nessa semana, a Embracer Group mostrou excelentes números, falou sobre suas 3 novas aquisições de estúdios, e aproveitou durante o final da teleconferência com acionistas e investidores para criticar duas das suas grandes rivais, a Activision Blizzard e a Ubisoft.

Caso você esteja por dentro do assunto, já sabe que a Ubisoft está no meio de um grande furação há 2 anos e meio, sofrendo processos, críticas, denúncias e relatórios sobre problemas em praticamente toda sua estrutura. No outro lado da moeda, a Activision Blizzard virou alvo recente desse tema, mas é ainda pior nesse caso, pois foi descoberto que a Blizzard Entertainment vem encobrindo casos de assédio e abuso sexual há pelo menos 20 anos.

Lars Wingefors, CEO da Embracer Group, defendeu os desenvolvedores e criticou a Activision Blizzard e Ubisoft, falando abertamente sobre o polêmico tema que assola a indústria de jogos eletrônicos AAA.

“Como os últimos tempos mostraram com algumas editoras, também existem outros desafios na sociedade e na nossa indústria de entretenimento interativo. É importante que nós, como indústria de jogos, mas também como holdings individuais e como empresa-mãe, cada uma assuma a nossa responsabilidade de mudar essas estruturas sociais de discriminação", escreveu Wingefors.

“Para a Embracer Group, nosso alicerce comum é o nosso código de conformidade, que visa apoiar a inclusão de todos os gêneros e raças, a diversidade de opções e a igualdade de gênero.''

''Além disso, confiamos que cada empresa da Embracer ouça, discuta e aja. Uma forma de medir e acompanhar nossos colaboradores é feito por meio de uma pesquisa global que permite que cada funcionário responda a várias perguntas de forma anônima."

A Embracer Group hoje conta com quase 70 subsidiárias, sendo dona de grandes nomes como a Gearbox, THQ Nordic, Koch Media, Deep Silver, Asypr Media, Saber Interactive e Coffee Stain, grandes nomes por trás de algumas das maiores franquias da indústria de jogos.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro