Hutchinson acretida que desenvolvedoras têm direito a lucrar com vídeos criados com base em seus conteúdos.
Publicado por Vinicius, em .
Os streamers de jogos são um dos grandes assuntos do momento, com milhares de pessoas assistindo-os todos os dias. No entanto, embora seja algo que possa ajudar a aumentar a visibilidade dos jogos, nem todos os desenvolvedores estão felizes com isso.

Alex Hutchinson, diretor de Assassin's Creed 3 e Far Cry 4 e atual diretor criativo do Google Stadia, fez algumas alegações um tanto quanto polêmicas em seu Twitter. De acordo com ele, os streamers de jogos deveriam pagar para as desenvolvedoras para poderem usar os conteúdos dos jogos em seus canais.

Os streamers preocupados em ter seu conteúdo retirado porque usaram músicas pelas quais não pagaram, deveriam estar mais preocupados com o fato de que estão transmitindo jogos pelos quais também não pagaram. Isso tudo vai acabar assim que as editoras decidirem ir atrás.

A verdade real é que os streamers deveriam pagar aos desenvolvedores e editores dos jogos que eles transmitem. Eles deveriam comprar uma licença como qualquer empresa real e pagar pelo conteúdo que usam.

Na maior parte do tempo, jogar games ajuda o streamer. As pessoas entram para assistir as suas lives, que são baseadas em conteúdo pelo qual não pagaram. Se a live requer usar conteúdo do jogo, uma porcentagem da receita deveria ir para o jogo que eles usaram.

Se eles acham que não precisam pagar pelo jogo que estão usando, eles podem fazer uma live sem usar jogos e ver como irão se sair.

Após muitas reclamações do público, Alex se manifestou a respeito:

É incrível para mim que as pessoas fiquem chateadas com alguém dizendo que os criadores de conteúdo deveriam ter permissão para ganhar parte do dinheiro de outras pessoas usando seu conteúdo para lucro.

E você, o que acha? Concorda com as alegações de Alex?
VSDias55
Vinicius #VSDias55
Jogando
Control / Ghost of Tsushima
Parceiro do Site, 27 anos, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.