Publicado por Catos, em .
Clique para ver a imagem em tamanho original


Quando Hideo Kojima fundou a nova Kojima Productions, que amanhã lança Death Stranding, o seu jogo de estreia, muitas das pessoas que com ele trabalharam durante os anos de Konami, acompanharam-no na aventura.

O que provavelmente não conheciam é a dimensão do número que fez a transição. Uma análise aos créditos de Death Stranding revela que mais de metade da equipe de produção veio com Hideo. Dos 120 que constituem o grupo de "produtores nucleares", 67 trabalharam com Kojima na Konami, 62 deles estiveram na equipe de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain.

Desse número, todas as posições relacionadas com arte e direção de design foram preenchidas por ex-Metal Gear. A título de exemplo, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain foi desenvolvido por uma equipe de 250 profissionais.

Além dos ex-Konami, o jogo da Kojima Production contou com a assistência de dezenas de membros da Guerrilla Games, afinal, o jogo foi desenvolvido no motor emprestado pelo estúdio de Horizon: Zero Dawn, o Decima.

Finalmente, os créditos mencionam a assistência de outros estúdios first-party da Sony, como são os Bend Studios, responsáveis por Days Gone, e a Insomniac, de Marvel's Spider-Man.
Catos
Catos
Colaborador do site, 29 anos, Goiânia
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.