Publicado por Catos, em .
Clique para ver a imagem em tamanho original


A BlizzCon 2019 já começa amanhã, mas ao contrário do que aconteceu nos anos anteriores, nem todos os funcionários da Blizzard Entertainment estão entusiasmados com esta celebração da companhia.

Após os mais recentes acontecimentos, especialmente a polêmica em torno da forma como a companhia se portou com Chung "blitzchung" Wai, que motivou a organização de protestos na BlizzCon, alguns funcionários receiam o que poderá acontecer no evento preparado para os fãs.

Segundo avançado pelo LA Times, a controvérsia em torno de Diablo: Immortal, o despedimento de 800 funcionários e a saída de Mike Morhaime já tinha fragilizado a moral dos funcionários, algo que se agravou com os mais recentes acontecimentos.

Ao invés de se tornar num momento para respirar e aliviar pressão, a BlizzCon tornou-se em algo temido e os funcionários da Blizzard têm recebido diversas mensagens de ódio e ameaças.


"Muitas pessoas que estariam felizes e entusiasmadas estão agora receosas que algo possa acontecer. Não sabe se serão pessoas com cânticos lá fora. Não sabe se será alguém no palco. Não sabe se será algo perigoso que poderá até aleijar alguém," disse uma fonte anônima ao LA Times.


Alguns funcionários, que permaneceram anônimos, dizem ainda que dentro da companhia surgiram conversas sobre as mais recentes polêmicas, mas não o podem fazer abertamente e sentem que não podem ser totalmente francos.

A BlizzCon 2019 começa amanhã e os rumores falam em anúncios como Overwatch 2 como parte de um forte esforço da Blizzard para voltar a cair nas boas graças dos jogadores, mas teremos de esperar para ver.
Catos
Catos
Colaborador do site, 29 anos, Goiânia
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.