.

Caça ao monstro do Lago Ness acaba após 24 anos: 'um peixe'

Enviado por Frocharocha, , 27990 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL3AyLnRycnNmLmNvbS9pbWFnZS9mZ2V0L2NmLzYyMC8wL2ltYWdlcy50ZXJyYS5jb20vMjAxNS8wNy8xNy9jYWNhZG9ybW9uc3Ryb2xhZ29uZXNzcmVwLmpwZw==[/img]
Pesquisador britânico procurava a criatura desde 1991


Um pesquisador britânico que passou 24 anos caçando o monstro do Lago Ness desistiu da caçada e admitiu que o mito "provavelmente é só um peixe grande". Steve Feltham, 52 anos, começou a busca em 1991 utilizando telescópios e binóculos. As informações são do The Sun.

O homem, que deixou a namorada e se mudou para a Escócia para começar a pesquisa, afirmou que não se arrepende de nada. Contudo, o pesquisador afirmou que teve de "mudar lentamente minha mente" e dizer que "talvez o monstro seja apenas algo pré-histórico".

Feltham afirmou ainda que o mistério "vai durar para sempre e continuará atraindo pessoas para o local, o monstro existindo ou não". Ele afirma que a lenda pode ter começado após moradores da região confundirem um grande peixe gato gigante com uma criatura - esse peixe tem histórico de ataques a humanos.

[img]hide:aHR0cDovL2ZpbGVzLmFib3ZldG9wc2VjcmV0LmNvbS9maWxlcy9pbWcvbHo1NWE5MTcyZC5qcGc=[/img]
A lenda do monstro do Lago Ness atrai cerca de um milhão de pessoas à região por ano e traz um faturamento de aproximadamente 25 milhões de libras ao turismo local.

Estes peixes de água doce podes chegar aos três metros de comprimento e pesar perto de 300 quilos.

"Os peixes-gato crescem muito e têm um ar bastante assustador", confirma Jason Schratwieser, diretor de conservação da Associação Internacional de Pesca Recreativa, em declarações à CNN. Mas daí a ser confundido com um monstro com pescoço comprido como se supõe seja a mítica criatura, vai um passo grande demais para Schratwieser.

"Acho que as pessoas querem acreditar em coisas assim. É emocionante pensar que há estas coisas estranhas no mundo. Mas, num corpo de água confinado como aquele, ficaria surpreendido se houvesse alguma coisa monstruosa". À cadeia norte-americana de televisão, Schratwieser deixa outra teoria: "Bem, essa região do mundo [a Escócia] é conhecida pelo seu whiskey excelente..."
Frocharocha
Enviado por Frocharocha
Membro desde
38 anos, São Paulo
label