.

Pode um videogame ser atacado por vírus?

Enviado por TheNewsMan, , 12525 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovLzQuYnAuYmxvZ3Nwb3QuY29tLy0zMGZMVVNFbGh1SS9UalZ5czNhaDh3SS9BQUFBQUFBQUFDZy82NEVQaGdvdnZBUS9zMzIwL3BpY192aXJ1cy5qcGc=[/img]
Embora a maioria das pessoas que utilizam computadores com uma certa frequência conheçam os perigos de termos vírus no sistema, ainda existe uma certa aura de mistério em relação a isso quando falamos dos videogames e em uma época em que os consoles e portáteis estão conectados à internet quase que integralmente e com ataques os sucessivos ataques as suas redes, será que corremos risco de ver nossos consoles infectados?

Para tirar essa dúvida, pedimos a Marcos Cavalhieri*, professor nos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação na Universidade Anhembi Morumbi, que preparasse uma espécie de FAQ sobre o assunto, onde ele falou sobre as chances de um vírus atingir o Xbox 360 ou Playstation 3, além das vantagens de termos os aparelhos atualizados.


1. Tenho um Xbox 360 com conexão para internet. Ele pode receber vírus? E o meu PS3?

Um vírus de computador nada mais é do que um programa escrito com a finalidade de causar algum tipo de prejuízo ao sistema que foi infectado. A maioria dos vírus utilizam brechas de segurança no sistema operacional para se instalar e se propagar. Os sistemas operacionais destes consoles (Xbox 360 e PS3) são bastante restritos no sentido de que apenas programas autorizados pelos seus fabricantes podem ser executados. Ou seja, para se criar um vírus seria necessário antes quebrar as camadas de segurança do sistema, o que geralmente não é uma tarefa simples. No caso do PS3, por exemplo, levou-se uns 4 anos, mais ou menos, até que uma brecha fosse explorada e uma maneira de destravá-lo fosse viável.

Diante disso, é muito improvável que exista interesse nesse tipo de empreitada. Embora seja possível escrever vírus para consoles, teoricamente, é muito mais fácil distribuí-los através dos sistemas operacionais mais conhecidos, como o Windows.

2. Uso a mesma conexão wi-fi de internet do PC, para acessar a internet pelo meu videogame. Posso infectar meu console?

Não. Todos os vírus que poderiam, em tese, infectar seu computador, não são capazes de infectar o console. São sistemas operacionais diferentes.

[img]hide:aHR0cDovL21vcy5mdXR1cmVuZXQuY29tL3RlY2hyYWRhci9jbGFzc2lmaWNhdGlvbnMvaG9tZS1lbnRlcnRhaW5tZW50L2dhbWluZy9jb25zb2xlcy9pbWFnZXMvc2NyZWVuc2hvdDItNDIwLTkwLmpwZw==[/img]
3. Se eu possuo um videogame desbloqueado para jogar com mídias piratas, estes games podem estar contaminados e danificar meu sistema?

Embora seja possível, na prática não acontece. A partir do momento em que você destrava seu console para ter acesso a jogos adquiridos de forma não oficial, a responsabilidade da segurança deixa de ser do fabricante e você passa a confiar nas pessoas envolvidas na distribuição destes jogos e nos demais programas responsáveis por destravar o console. É perfeitamente possível esconder um vírus nesses pacotes.

4. Faço o download de arquivos .torrent e rodo os programas gravados em uma mídia, no meu videogame. Posso transmitir vírus desta forma caso o torrent esteja infectado?

Essa pergunta é uma variação da anterior. A forma de adquirir jogos/programas, além da tradicional mídia de dvd/bluray, está sujeita aos mesmos problemas que a distribuição de torrents pela internet.

5. Rodar filmes em Blu-Ray no meu PS3 ou um DVD, no meu Xbox 360, podem trazer algum risco ao meu sistema se as mídias forem originais?

Nenhum risco, além do desgaste natural do hardware.

6. Tirei fotos e gravei vídeos de uma festa e pretendo usar meu videogame para ver como ficou. É aconselhável passar algum anti-vírus no pendrive que vou utilizar neste processo?

Não é necessário já que o anti-vírus iria somente rastrear vírus para o sistema operacional que foi desenvolvido. Não existem anti-vírus para PS3 e Xbox.

[img]hide:aHR0cDovLzMuYnAuYmxvZ3Nwb3QuY29tLy1IeWJDakdQOUZ5ay9Uc2YtUUI1eFdwSS9BQUFBQUFBQUNFZy9wZkxQY2lqQk12VS9zNDAwL3Z2LmpwZw==[/img]
7. Tenho um videogame desbloqueado e consequentemente, não consigo fazer os updates do sistema. Corro algum risco?

Os updates, em geral, trazem novos recursos que podem melhorar a interface gráfica ou resolver bugs das versões anteriores, incluindo aqueles que possibilitem o desbloqueio do console. Além de perder o desbloqueio, o único risco é ficar vulnerável a ações maliciosas.

8. Estou seguro de que meu videogame está com vírus. Quais são as medidas que posso tomar para tentar limpar meu console? Formatar o HD do vídeo game ou comprar um novo seria uma solução?

Quais seriam os sintomas a ponto de você ter certeza que seu console esteja infectado? Bom, neste caso, o mais prudente seria formatar e efetuar o último update.

9. Troquei de HD, mas continuo com o mesmo problema no console. Levar o videogame para um técnico seria uma opção?

Sim, caso não se sinta seguro, leve a um especialista.

10. Quais são as recomendações para que eu fique protegido de ameaças em meu videogame? Softwares originais e a realização de updates são garantias de que meu sistema estará seguro?

Os updates, junto ao uso de jogos/software de procedência conhecida, são a melhor forma de reduzir as possibilidades de você ter problemas.

[img]hide:aHR0cDovL2ltZzgyMi5pbWFnZXNoYWNrLnVzL2ltZzgyMi85OTQ4L3M3MzAxNDc0LmpwZw==[/img]
*Marcos Cavalhieri - Graduado em Ciência da Computação pelo Centro Universitário Eurípides de Marília e mestre em Engenharia de Sistemas Eletrônicos pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Atualmente leciona disciplinas relacionadas à algoritmos e programação de computadores. Como docente, utiliza técnicas de Educação a Distância por meio de "Learning Management Systems" (LMS): Moodle e Blackboard. Como pesquisador atua principalmente na área de Vida e Inteligência Artificial.
TheNewsMan
Enviado por TheNewsMan
Membro desde
label