.

Intel pretende fabricar processadores na Lua com mão de obra brasileira

Enviado por NightStalker, , 1473 visualizações, 0 comentários
Segundo funcionário da Intel, a gigante dos processadores estaria planejando construir uma base na Lua para fabricar uma linha especial de processadores que utilizam a tecnologia da fusão atômica que, segundo pesquisas, aumentaria a velocidade de processamento exponencialmente. E para quando seria este ambicioso projeto? "Devido aos custos de investimento, torna-se inviável a curto e médio prazo. Mas creio que dentro de dez anos já será possível realizar missões de reconhecimento. Tudo depende da consolidação dos processadores de 16 núcleos no mercado e da nanotecnologia."

Enquanto isso seguem os testes em câmaras a vácuo " condição necessária para a segurança da fusão atômica. Alias, o fato da atmosfera lunar não possuir oxigênio é um dos fatores mais importantes à viabilização do projeto, pois dispensa a construção das câmaras. Afinal, uma possível explosão em uma unidade de produção não provocaria uma reação em cadeia.

A mão de obra brasileira também seria parte indispensável ao projeto. Mas não seria qualquer brasileiro. Apenas nordestinos, acredite. "Eles possuem as qualidades necessárias ao envio e manutenção em solo lunar. Sua estatura entre 1,65m permitiria um envio maciço em um único ônibus espacial. O baixo consumo de mantimentos também é fundamental". Apesar dos comentários pejorativos, observa-se que são totalmente embasados em pesquisas cientificas e econômicas. Quando questionado sobre o fato de que sejam nordestinos brasileiros e não asiáticos os candidatos favoritos, ele é categórico: "Nesse caso, os nordestinos levam uma vantagem biológica. Seu esqueleto mais denso resiste melhor à descalcificação natural devido à falta de gravidade " fenômeno comum em residentes de estações espaciais que passam longo período em órbita".

Nota pessoal: parece que vai ter neguim quebrando pedra na Lua!

Fonte: CNN Espanõl.
NightStalker
Enviado por NightStalker
Membro desde
label