.

Electronic Arts admite não ter se 'antecipado' à popularidade do Wii

Enviado por _Belmont, , 3 visualizações, 0 comentários
Em reportagem do site San Jose Mercury News, Jeff Brown, porta-voz da Electronic Arts, afirmou que não se "antecipou" ao sucesso do Wii, console de nova geração da Nintendo, que é mais vendido atualmente.

Para analistas do mercado, o consenso é que a gigante dos games "avaliou mal" o sucesso da Nintendo e agora está tendo uma transição difícil. No entanto, não deve perder sua posição hegemônica frente à Activision e Ubisoft, que apostaram mais fichas no Wii e Nintendo DS.

Para um analista, que não quis ser identificado, a "Nintendo retornará ao seu posto histórico de vendedor número 1 de hardware e software e deixar todos os outros em segundo lugar". A companhia de Kyoto domina o mercado de portáteis com o Nintendo DS e o Wii ultrapassou o Xbox 360 nas últimas vendas mensais, mas tem uma base instalada muito menor, pois foi lançado um ano depois do console da Microsoft.

Apesar de admitir não ter se antecipado ao sucesso da Nintendo, um cenário que surpreendeu muitas forças do mercado, Brown disse que a companhia "moveu muito rapidamente" para se ajustar à nova situação, opinião que não é compartilhada por analistas como Todd Greenwald, da Nollenberger Capital Partners: "Essa transição parece um pouco mais dolorida para a EA".

No presente ano fiscal, que vai até março de 2008, a Electronic Arts pretende lançar de dez a 13 jogos para Wii, contra seis do ano anterior. Recentemente, a companhia mudou de executivo-chefe: entrou John Riccicielo, que já havia trabalhado na empresa, e saiu Larry Probst, que será executivo do conselho da Electronic Arts. Em recente conferência, Ricciecielo disse que pretende melhorar "a execução e a previsibilidade" e juntar esforços para aumentar a agilidade frente ao mercado.
_Belmont
Enviado por _Belmont
Membro desde
24 anos, Viçosa
label