.

Microsoft comprou Minecraft: Seria um movimento desesperado para competir contra a Sony?

Enviado por Anônimo, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Sony tem tido um sucesso incrível com o PlayStation 4 desde que foi lançado em novembro de 2013, a Microsoft lançou o Xbox One uma semana depois, sendo que e distancia entre os dois foi só aumentando desde então. A fim de manter-se na concorrência a Microsoft abateu US$100 do custo do X1 quando lançou o modelo sem o Kinect, tudo isso para igualar-se com o preço do PS4. Enquanto o exclusivo da Microsoft 'Titanfall' foi um bom negócio, ele não teve um impacto grande o suficiente para parar o Tank de Guerra japonês.
No inicio dessa semana a gigante de software baseada em Seattle pagou US$ 2,5 bilhões para adquirir o estúdio sueca Mojang, os criadores por trás do videogame popular "Minecraft". Esta poderia ser uma tentativa deles rivalizaram com os japoneses?

'Minecraft' é um jogo muito popular, mas não faz muito o gosto de jogadores de 'Grand Theft Auto', 'FIFA', ou mesmo de "Call of Duty". No entanto, sua popularidade é tão grande que foi lançado em todos os consoles. É um jogo divertido que agrada a todas as idades e requer criatividade, porque é capaz de criar qualquer estrutura de cubos em 3D.

De acordo com o jornal The Street, 'Minecraft' é "uma espécie de Lego digital sem um livro de instruções - um jogo de construção onde os jogadores edificam seu próprio mundo de blocos, fazendo qualquer coisa, desde uma floresta até a Torre Eiffel". Por enquanto, o jogo vai continuar disponível em todas as principais plataformas, incluindo q arqui-rival da Microsoft, a Sony PlayStation.

No entanto, se no futuro a Microsoft decidir fazer Minecraft um título exclusivo, ele pode ganhar uma força a mais sobre Sony. De acordo com o site Eurogamer, o título já vendeu impressionantes 54 milhões de cópias em todas as plataformas (a partir de 25 º de junho) e um marco de 100 milhões de usuários foram registrados a partir de fevereiro deste ano. A base de fãs, sem dúvida, quer continuar jogando o jogo e se ele não estiver mais disponível no PlayStation então com certeza os fãs correriam para o lado da Microsoft. Mas, mesmo com a exclusividade, a Sony tem alguns grandes franquias para contra-atacar. 'God of War', 'Uncharted' e futuras exclusividades como "Driveclub" e "The Order: 1886" oferecem possibilidades ilimitadas.

Esta geração de consoles parecem estar mais focados em jogadores hardcore considerando que o PS4 foi criado para ser uma máquina de jogo totalmente dedicada. Xbox por outro lado foi na contra mão e virou um "sistema de entretenimento tudo-em-um" com o seu Xbox One. E enquanto Minecraft pode vir a ser uma compra digna, ele ainda pode não ser suficiente para eles ganharem uma vantagem significativa contra a Sony.
label