Digital Foundry afirma que Hellblade 2 é uma obra-prima em design audiovisual

Digital Foundry afirma que Hellblade 2 é uma obra-prima em design audiovisual

Jogo é descrito como um grande passo na evolução dos gráficos e o melhor exemplo da Unreal Engine 5.
#Games Publicado por Vinicius, em

Senua's Saga: Hellblade 2 foi recentemente lançado e teve uma recepção divisiva, no entanto, uma coisa é unânime: os visuais do jogo deixaram todos de queixo caído, sendo possivelmente um dos mais belos já vistos em um jogo.

Em sua recente análise técnica do jogo, o canal Digital Foundry afirma que Hellblade 2 é uma "obra-prima em design audiovisual", trazendo uma incrível demonstração do que as tecnologias da Unreal Engine 5 são capazes de alcançar.

Leia Também:

  1. Warhammer 40K: Space Marine 2 ganha gameplay mostrando os modos PvE e PvP
  2. Sony revela ter usado inteligência artificial para sincronizar as legendas de Marvels Spider-Man 2

Y3BzUk5DS2lWQ2s=

Um dos aspectos mais elogiados é a renderização de personagens, a qual traz um "novo padrão" de qualidade para os jogos. O visual é extremamente realista e natural, com o canal afirmando que é um dos primeiros jogos a tentar alcançar o que a demo The Matrix Awakens apresentou.

Quando a câmera dá zoom em um close-up, o nível de detalhe é tanto que me deixa na dúvida se estou olhando para gráficos em tempo real ou para uma cena pré-renderizada. Felizmente, com o Modo Foto disponível a qualquer momento, você pode facilmente confirmar que eles estão, de fato, em tempo real. Claro, é realmente a animação que você experimenta enquanto joga o que mais me impressionou. As expressões visíveis durante o combate ou simplesmente explorando realmente ajudam a trazer os personagens à vida.

Os detalhes no rosto de Senua em especial são destacados, como as poeiras nos poros da pele, a luz penetrando a superfície e as sombras quase perfeitas. Os olhos da personagem inclusive possuem profundidade e simulam de forma realista um olho humano.

Não só de texturas de ponta o jogo se destaca, mas também no departamento de arte. O canal elogia o uso de efeitos de lente para passar a sensação de que você está realmente vendo uma gravação feita com uma câmera.

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9zdGF0aWMvaW1hZ2Vuc191cC9iaWcvMTA5LzEwODI0My53ZWJw

"Hellblade 2 é um dos lançamentos da Unreal Engine 5 que aproveita ao máximo tudo o que a engine tem a oferecer para produzir visuais que parecem um verdadeiro salto", comenta o portal a respeito dos usos das tecnologias Lumen e Nanite.

Graças ao uso do Lumen, o jogo apresenta uma luz bastante natural, tanto em cenários escuros quanto mais claros. Já o Nanite impressiona ao apresentar cenários sem pop-in visíveis. Os efeitos de água também foram elogiados, sendo bonitos e interagindo de forma realista com o ambiente.

Embora o jogo não seja o primeiro a fazer uso de todas essas tecnologias da Unreal Engine 5, o portal afirma que é o "melhor exemplo visual até agora", mesmo que isso tenha um grande impacto sobre a performance.

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9zdGF0aWMvaW1hZ2Vuc191cC9iaWcvMTA5LzEwODI0MC53ZWJw

No que se trata de apresentação, eu diria que Hellblade 2 está entre os jogos mais bonitos já criados. É uma grande fusão da talentosa equipe de arte da UE5 e da Ninja Theory. Tudo na apresentação parece polido com perfeição. A Ninja Theory criou um dos exemplos mais tecnicamente impressionante de gráficos em tempo real que vimos até hoje e absolutamente deve ser experimentado.

No quesito desempenho, o portal afirma que o jogo roda a 30fps estáveis nos consoles Xbox, sem travamentos. Embora a escolha dos 30fps seja polêmica entre alguns jogadores, o canal acredita que em jogos como Hellblade 2 essa performance funciona bem.

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9zdGF0aWMvaW1hZ2Vuc191cC9iaWcvMTA5LzEwODI0Mi53ZWJw

Utilizando um PC com configurações similares ao hardware do Xbox, a equipe conseguiu alcançar os 60fps ao reduzir a qualidade e resolução, mas rodava de forma bastante instável, sendo prático apenas para telas com VRR.

Quanto às críticas de alguns a respeito da falta de gameplay, a Digital Foundry afirma que Hellblade é menos um jogo comum e mais uma experiência para se aproveitar. Descrevendo o jogo como uma possível evolução dos títulos FMV dos anos 90, o portal acredita que é uma experiência que vale a pena ser vivida e irá demorar a ser esquecida.

Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis