.

IW ficou dividida em Modern Warfare 2 por causa da missão No Russian

Enviado por VSDias55, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Call of Duty: Modern Warfare 2 aumentou muito o conflito da série, mas a cena que marcou muitos jogadores (e certamente conseguiu uma boa parte da cobertura da mídia) foi a controversa missão No Russian. Nela, os jogadores controlam o agente secreto da CIA, Joseph Allen, em uma missão para se infiltrar em uma célula terrorista Russa. Infelizmente, parte disso exige que ele faça o impensável: atirar em um aeroporto cheio de civis inocentes. A cena é difícil de se jogar, e os críticos e fãs questionaram se era realmente necessária.

Enquanto conversava com o site GameInformer, a Infinity Ward informou que a divisão em opiniões por causa dessa cena não estava limitada às pessoas de fora. Joel Emslie, o principal artista do estúdio, disse:

No Russian dividiu o estúdio. Havia um lado do estúdio que achava que deveríamos jogar da perspectiva de um segurança que foi pego no meio tiroteio, e havia o outro lado que gostou do jeito que estava ficando. Lembro-me de criar todos os civis de No Russian, e eu simplesmente não... houve um momento em que estávamos discutindo o quão sangrento seria para as pessoas que estavam sendo baleadas. Eu me afastei e disse: 'Não precisamos disso. As pessoas estão sendo baleadas e explodindo; já está bom.'

Emslie acabou fazendo com que as mortes dos civis fossem mais sangrentas depois de mostrá-las a sua esposa, a qual estava convencida de que era necessário.

Minha esposa olhou para a cena e disse: "Onde está todo o sangue e as tripas?" E eu disse: "Nós não precisamos fazer isso" Ela me chamou a atenção. Ela chamou minha atenção para as minhas besteiras. É bem engraçado. Ela olha as coisas sob uma visão diferente. Ela é advogada. Ela não brinca, mas ela é boa em checar a violência das coisas.

Outros membros da Infinity Ward também procuraram formas de deixar a cena menos desagradável para os jogadores. Em uma entrevista de 2012, o ex-designer da Infinity Ward, Mohammad Alavi, disse que o massacre originalmente terminava depois que o jogador matava o grupo do lado de fora do elevador no início da missão, antes de entrar em um tiroteio, mas parecia muito enigmático, com a sequência sugerindo algo bruto e desconfortável, mas depois se esquivando disso.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Com base no que vimos sobre a campanha de Call of Duty: Modern Warfare de 2019, é quase certo que teremos cenas intensas e possivelmente controversas. No entanto, os diretores da campanha não parecem pensar que será uma ou duas cenas em particular que irão se sobressair ao resto. Jacob Minkoff, o diretor de gameplay da campanha, disse:

As pessoas nos pergunam isso internamente várias vezes. Elas falam: "Onde está nossa cena impactante?" Existem tantas a essa altura que as pessoas pararam de fazer essa pergunta.

Eu suspeito que haverá vários momentos diferentes e cada pessoa terá um momento favorito diferente. Da mesma forma que em Modern Warfare 1 as pessoas elogiaram a sequência nuclear em que você se arrasta para fora do helicóptero, ou do AC-130, ou a missão Crew Expendable ou a All Ghillied Up. Havia vários desses momentos, e eu me sinto muito confiante de que teremos um monte deles.

Taylor Kurosaki, o diretor narrativo do estúdio, contribuiu:

A resposta é o jogo todo. Eu poderia criar uma lista de oito coisas diferentes que poderiam ser. Quem sabe qual será.

Call of Duty: Modern Warfare será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC em 25 de outubro.
VSDias55
Enviado por VSDias55
Membro desde
26 anos, Florianópolis
label