Publicado por Frocharocha, em .
Clique para ver a imagem em tamanho original

Diz que os estúdios externos estarão atentos ao serviço.


A Microsoft anunciou que os seus exclusivos vindos dos Microsoft Game Studios seriam apresentados no dia de lançamento no Xbox Game Pass, um serviço por subscrição mensal que te dá acesso a centenas de jogos, algo que deixou toda a indústria a falar.

Como seria de esperar, vários seguidores de Phil Spencer, patrão da divisão Xbox, colocaram questões através do Twitter sobre a visão da companhia para o serviço e quais os principais objetivos.

Questionado se o Xbox Game Pass é um serviço por subscrição de grande valor ou uma oportunidade para os jogadores descobrirem novas experiências, Spencer acredita que é as duas.


Clique para ver a imagem em tamanho original



Vejo o XGP como ambas. Para mim, o valor é bem óbvio. A ideia de um novo modelo que pode abrir oportunidades para a criatividade é onde chegaremos, penso eu. Especialmente para os jogos singleplayer. É o que o modelo fez na televisão, mas não é uma analogia exata.


Spencer diz ainda que os estúdio externos estão atentos e vão ficar a assistir à prestação do Xbox Game Pass, assistindo ao que a Microsoft faz para decidir como abordar o serviço.


Temos muito interesse dos estúdios que querem ver como vão correr as coisas depois do nosso anúncio recente. Vamos liderar com as nossas first-party, mas tornar o XGP num modelo para mais estúdios é o nosso objetivo.


Começando com Sea of Thieves da Rare Studios, a 20 de Março, todos os títulos desenvolvidos pela Microsoft serão apresentados a todos os subscritores do Xbox Game Pass, no dia de lançamento, sem custos adicionais.
Frocharocha
Frocharocha
Colaborador do site, 40 anos, São Paulo
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.