.

Michael Pachter acredita que exclusivos não sejam mais tão importantes

Enviado por VSDias55, , 18 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cHM6Ly9tZWRpYS5wc3UuY29tL21lZGlhL2FydGljbGVzL2ltYWdlL3BzNXJlbGVhc2VkYXRlbWljaGFlbHBhY2h0ZXIuanBn[/img]
A Microsoft sabe que está ficando um pouco para trás no mercado de consoles, com o Switch recentemente o superando e a Sony estando em grande vantagem com o PlayStation 4. Ela está comprometida a se recuperar, com grandes anúncios planejadas para a E3 daqui a algumas semanas.

Mas um analista acredita que isso não seja realmente necessário para "ganhar" o mercado de games.

Michael Pachter, o qual trabalha como um analista para a Wedbush Securities, recentemente falou com a GamingBolt sobre a necessidade da companhia superar as expectativas - e não é exatamente com exclusivos first-party.


Não, ainda não é tarde. Não tenho tanta certeza se exclusivos de consoles importam tanto quanto antes. Quero dizer, quando a Sony lançou o primeiro PlayStation, eles tinham que ter muitos exclusivos, pois ele precisavam mostrar por que você iria querer trocar da Nintendo para eles. Mas essas coisas já estão tão bem estabelecidas agora, que não acho que seja necessário um enorme suporte first-party. Na verdade, nem tenho certeza se o suporte first-party é a razão da maioria das pessoas comprarem um console PlayStation. Acho que eles compram um PS4 porque é um ótimo dispositivo, e por causa que eles gostam mais da PSN do que da Xbox Live, e porque ele possui muito conteúdo bacana, tanto first quanto third party. Acho que um grande impulsionador de vendas é as DLCs exclusivas temporárias de Call of Duty para o mercado... acho que isso ajudou.


Então não, acho que a Microsoft está bem. O jogos first party dela não são necessariamente ruins, só acho que eles possuem um mercado menor, porque eles não possuem o grande apelo que um jogo da Sony ou Nintendo possuem. E, sabe, eu pessoalmente acho que a Sony fez um ótimo trabalho se focando em jogos single player. E a Microsoft estão tão empenhada em se focar no multiplayer, que eles não fizeram um trabalho muito bom com o single player. Eu sinceramente acho que essa é a principal diferença entre a Sony e a Microsoft, não a qualidade, os jogos da Microsoft são bons.
VSDias55
Enviado por VSDias55
Membro desde
25 anos, Florianópolis
label