.

Kojima insiste que Death Stranding não é um jogo stealth e sim um novo gênero

Enviado por Catos, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Se está confuso com o que esperar de Death Stranding, é perfeitamente normal. Hideo Kojima, o criador do jogo, reafirmou que este é um gênero novo e sem nada igual.

Após a sua passagem pela Gamescom 2019, Kojima está de volta a Tóquio para liderar a sua Kojima Productions, que está na fase final do desenvolvimento de Death Stranding para que o possa colocar nas lojas a tempo do lançamento, agendado para 8 de Novembro.

No entanto, perante as inúmeras questões dos seus seguidores que querem formar uma melhor ideia do gameplay de Death Stranding, Kojima voltou a explicar que este é um novo gênero e que não é um jogo stealth, mesmo que tenha elementos desse gênero.


"Sempre me perguntam muito isto, mas Death Stranding é diferente de um jogo stealth," diz Kojima.



"Pode desfrutar da Perspectiva na Primeira Pessoa, mas não é um Jogo de Tiro em Primeira Pessoa. É um novíssimo gênero que adaptou o conceito de ligação no que chamamos Jogo de Ação, um Strand Game (Social Strand System)."




Kojima disse ainda que não deve ser o autor a criar o nome de um novo gênero, mas diz que tinha demasiado gosto em criar o nome e relembra o que fez com Metal Gear Solid, que chamou de Tactical Espionage Action antes de ser considerado um jogo Stealth.


"Sei que o nome de um novo gênero não deve ser criado pelo autor, que deve surgir mais tarde, mas perdoem-me porque eu gosto mesmo de lhe dar nomes."



"Tal como dei o nome de Tactical Espionage Action a Metal Gear antes de o categorizar como um jogo Stealth. Dei o nome de Social Strand System a Death Stranding."


Se tiver a oportunidade de assistir à cutscene apresentada na Gamescom 2019, na qual é explicada a missão de Sam, sabe que terá de chegar a Edge Knot City para recuperar o corpo de Amelie e pelo caminho, ligar as cidades da UCA à rede online.

Kojima compartilhou mais detalhes sobre o enredo de Death Stranding e dos membros da BRIDGES, o grupo que ajudará Sam a cumprir a missão.


"A BRIDGES foi formada para reconectar a sociedade fraturada," diz Kojima.



"Mama, Heartman e Deadman são personagens únicos e membros da BRIDGES que apoiam Sam. E o bebé com Sam, segue à força uma jornada do Leste para Oeste. Eles, Sam incluído, têm uma história triste no seu passado."


Death Stranding chegará em 8 de Novembro e talvez encontre algumas similaridades com o que Kojima fez em Metal Gear Solid, especialmente nos grupos de suporte e elenco envolvente, mas em termos de gameplay, estamos ansiosos para descobrir o que imaginou.
Catos
Enviado por Catos
Membro desde
28 anos, Goiânia
label