Conheça 5 ótimos Jogos de Plataforma lançados em 2010

Procurando Jogos de Plataforma? Separamos para você uma lista com 5 ótimos Jogos de Plataforma lançados em 2010

Como seu nome já deixa claro, Jogos de Plataforma são aqueles que o jogador pula pelos locais em um jogo, com obstáculos e entre outros objetivos ao decorrer da aventura.

Jogos de Plataforma são conhecidos principalmente por serem de navegador ou para mobile. É um gênero bastante recomendado para crianças, mas serve para pessoas de toda a idade, importante é a diversão!

Conheça 5 ótimos Jogos de Plataforma lançados em 2010
Lara Croft and The Guardian of Light
Lara Croft and The Guardian of Light é um game de Aventura e Plataforma, pelo estúdio , foi lançado em 18 de Agosto de 2010, estando disponível para Xbox Live Arcade, PlayStation Network, Computador, PlayStation 3
Sinopse

Lara Croft and the Guardian of Light é um jogo de aventura que, ao contrário de games anteriores contendo a famosa protagonista, não leva o nome Tomb Raider. Isso porque o escopo do jogo é um pouco menos ousado do que o normal para a franquia - o que não significa que a qualidade seja menor. O estilo também é incomum, com uma visão isométrica que permite ao jogador enxergar todo o cenário em volta dos personagens.

O game é focado na ação cooperativa entre os dois protagonistas: a já famosa Lara Croft e um maia chamado Totec. As habilidades de cada um são distintas, e a interação entre elas é um elemento crucial para a resolução dos inúmeros desafios propostos através da aventura. Um bom exemplo é o arremesso de lanças na parede por parte de Totec para criar uma escada improvisada para Lara Croft.

A experiência em si lembrará bastante os primórdios da série Tomb Raider, já que existirão muitas tumbas a serem exploradas, mortos-vivos e bichos exóticos a serem derrotados e vários elementos de plataforma para desafiar as habilidades do jogador.

Prince of Persia: The Forgotten Sands
Prince of Persia: The Forgotten Sands é um game de Aventura e Hack and slash/Beat'em up, pelo estúdio , foi lançado em 13 de Maio de 2010, estando disponível para Wii, PlayStation 3, PlayStation Portable, Xbox 360, Nintendo DS, Linux, Computador
Sinopse

Apesar de ser o sucessor direto de Prince of Persia (lançado em 2008), Forgotten Sands é na realidade um interlúdio do arco de histórias Sands of Time, aproveitando o mesmo protagonista, ambientação e alguns elementos da jogabilidade. O jogo aproveita vários elementos dos títulos que compõem a trilogia Sands of Time, como a utilização das "areias do tempo" para manipular o tempo - retrocedendo alguns segundos, evitando assim algumas armadilhas presentes no caminho do Príncipe.

Enslaved: Odyssey to the West
Enslaved: Odyssey to the West é um game de Aventura e Plataforma, pelo estúdio , foi lançado em 5 de Outubro de 2010, estando disponível para PlayStation 3, Xbox 360, Xbox Live Arcade, PlayStation Network, Computador Ele pode ser zerado com um tempo médio de: 9h 6min jogando normal.
Sinopse

"Enslaved" conta a história de dois desses sobreviventes, escravizados por andróides inteligentes e capazes de se auto-organizar: Trip, uma jovem hacker nascida em uma comunidade envolta em tecnologia e Monkey, um homem selvagem que passou a maior parte de sua vida longe de outros humanos.

Ambos são meras marionetes de uma sociedade poderosa, que escraviza os humanos, instalando em suas cabeças uma espécie de capacete capaz de infligir dor com um simples pressionar de botão. Encontrando em Monkey a força bruta que lhe falta, Trip consegue "hackear" seu capacete e ganhar o controle sobre dor do brutamontes. Sem alternativas, Monkey aceita a proposta da garota: guiá-la de volta até seu lar para então ganhar de volta a tão sonhada liberdade.

A história é livremente baseada no romance mitológico chinês "Jornada ao Oeste" (o mesmo que inspirou a série de animação "Dragon Ball"), sobre a lenda do Rei Macaco - por isso o nome Monkey, de um dos protagonistas.

Juntos, formam uma improvável parceria: no controle de Monkey, você luta, salta, escala e abre caminho para dar continuidade à jornada. Trip está sempre te auxiliando, seja invadindo sistemas de segurança, adquirindo novas tecnologias etc. É sua obrigação, portanto, protegê-la dos perigosos andróides escravistas, que aqui possuem características de animais. Uma das habilidades de Trip é hackear câmeras flutuantes e dar ao jogador acesso à uma imagem panorâmica do ambiente, permitindo a elaboração de estratégias para derrotar inimigos ou superar obstáculos.

As batalhas trazem grande impacto e desafio. Monkey possui um bastão que lhe serve tanto como uma arma branca, de curta distância, quanto uma arma de fogo, capaz de acertas os inimigos à distância. Os desenvolvedores prometem um grau de dificuldade elevado, exigindo do jogador não apenas habilidade com os controles mas também estratégia, uma vez que os oponentes podem ser derrotados de diferentes formas.

Raving Rabbids: Travel in Time
Raving Rabbids: Travel in Time é um game de Plataforma e Puzzle, pelo estúdio , foi lançado em 21 de Novembro de 2010, estando disponível para Wii, Nintendo 3DS
Sinopse

Controle um coelho maluco pelo cenário com um rolo de papel higiênico na mão, mirando corretamente e acertando todos os personagens para completar os diversos estágios, utilizando a ajuda de outros coelhos em algumas das fases.

Raving Rabbids: Travel in Time é um jogo para Wii que foca nos amáveis (ou odiosos) antagonistas da série Rayman: os Rabbids. No último jogo da franquia, eles buscavam voltar para casa por meio de uma espaçonave - agora, a ferramenta utilizada para espalhar a confusão é uma máquina do tempo que os leva a momentos importantes da história mundial.

Assim como seus predecessores, o título conta com uma série de mini games que focam na diversão e podem ser jogados em multiplayer. Várias das características tradicionais da franquia estão presentes, assim como algumas novidades (especialmente de ambientação) que variam o conceito da série.

O game usa e abusa das possibilidadesde jogo oferecidas pelo Wii, e se caracteriza pela grande quantidade de referências a elementos da cultura popular integradas à jogabilidade e à narrativa exposta dentro de si.

Kirbys Epic Yarn
Kirby's Epic Yarn é um game de Aventura e Plataforma, pelo estúdio , foi lançado em 14 de Outubro de 2010, estando disponível para Wii, Wii U
Sinopse

É claro que o bom e velho Kirby permanece como uma das criaturas mais “engraçadinhas” que você provavelmente já viu. Mas isso não parece centrar o apelo de Epic Yarn apenas nas audiências mais novas. Quer uma prova? Os ambientes dinâmicos do jogo provavelmente chamariam a atenção mesmo do mais empedernido jogador de Call of Duty.

Basicamente, todos os cenários aqui são feitos exclusivamente de tiras de tecido, zíperes, cordas, e tudo o mais que constituía o seu uniforme de escola. Aliás, o próprio protagonista se resume agora a um cordão multifacetado: dependendo da ocasião, assume a forma de um carro, de um peixe, ou mesmo de um poderoso tanque de guerra.

A diferença vem da arquitetura singular dos ambientes: puxe um zíper aqui para revelar uma nova camada, alcance um cordão ali para trazer uma plataforma para mais perto de você - afinal, tudo aqui é feito de pano, por natureza bastante maleável. Quase todos os movimentos - incluindo boa parte dos ataques - utilizam o chicote multitarefa do herói cor-de-rosa. Você vai laçar, puxar, golpear e o que mais for necessário.

Epic Yarn ainda traz a possibilidade de se jogar cooperativamente com um amigo. Para tanto, um dos jogadores vai assumir o controle de Kirby, enquanto outro ficará com uma versão alternativa (Prince Fluff) azul que ostenta uma coroa sobre a cabeça. Diversos chefes e mini games farão uso daquele velho refrão popular: "duas cabeças pensam melhor do que uma".

Veja outra listas interessantes: