Funcionários da Ubisoft Paris irão entrar em greve

Funcionários da Ubisoft Paris irão entrar em greve

Após CEO enviar email exigindo mais dos funcionários, sindicato de trabalhadores convoca greve.
#Games Publicado por Vinicius, em

Essa não está sendo realmente uma semana muito boa para a Ubisoft. A gigante francesa recentemente adiou alguns de seus jogos, cancelou três projetos e anunciou um corte de gastos para o futuro. No entanto, parece que as coisas estão para piorar.

A Solidaires Informatique, um sindicato francês de trabalhadores focados na área de jogos, convocou hoje uma greve para os funcionários da Ubisoft Paris no dia 27 de Janeiro. O motivo da greve seria os recentes comentários do CEO Yves Guillemot.

Após um final de ano não muito positivo para a Ubisoft, o CEO enviou um e-mail a todos os funcionários pedindo que eles se esforçassem mais e tomassem cuidado com os seus gastos com os atuais projetos em desenvolvimento.

Leia Também:

  1. Perseguição por um Battle Royale de sucesso seria um dos problemas atuais da Ubisoft
  2. Tá bonito! Atomic Heart ganha novas imagens destacando seu combate e mundo aberto

[Pedimos] total energia e comprometimento para garantir que voltemos ao caminho do sucesso. Também estou pedindo que cada um de vocês seja especialmente cuidadoso e estratégico com seus gastos e iniciativas, para garantir que estamos sendo o mais eficientes e enxutos possível.

Exigir que os funcionários se esforcem mais e culpá-los pelo desempenho fraco da empresa certamente não pintou uma imagem muito boa. A Solidaires Informatique afirmou que os comentários do CEO foram catastróficos e acusaram ele de planejar "reduções de pessoal, fechamentos discretos de estúdios, cortes salariais e demissões disfarçadas".

Várias vezes, o Sr. Guillemot está tentando jogar a culpa (mais uma vez) nos funcionários; ele espera que sejamos mobilizados, que 'dêmos tudo de nós', que sejamos 'o mais eficientes e enxutos possível' Essas palavras significam algo: horas extras, pressão gerencial, equipe esgotada, etc. O Sr. Guillemot exige muito de seus funcionários, mas sem nenhuma compensação. E como o Sr. Guillemot e seu grupo só entendem a relação de poder, a Solidaires Informatique está convocando os funcionários da Ubisoft Paris a entrar em greve na sexta-feira.

Aparentemente o salário dos funcionários não acompanhou a inflação dos últimos anos e as equipes estariam trabalhando até exaustão, sem nenhum sistema para os proteger de trabalho excessivo.

Os funcionários estão exigindo:

  1. Um aumento imediato de 10% para todos os salários, independente dos aumentos anuais, para compensar a inflação. Com as centenas de milhões de euros obtidos da Tencent, há dinheiro nos cofres dos empregadores.
  2. Melhoria das condições de trabalho, em particular a implementação de uma semana de trabalho de quatro dias.
  3. Transparência sobre a evolução da força de trabalho, tanto local quanto globalmente.
  4. Um forte compromisso contra demissões disfarçadas e condenação de políticas gerenciais abusivas que levam os funcionários a pedir demissão.

Por enquanto a convocação para greve é apenas para a Ubisoft Paris, responsável pelas franquias Tom Clancy's Ghost Recon e Just Dance.

Fonte: Pcgamer
Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,