Phil Spencer afirma que não faria sentido tirar Call of Duty do PlayStation

Phil Spencer afirma que não faria sentido tirar Call of Duty do PlayStation

Microsoft perderia bilhões em receita.
#Games Publicado por Vinicius, em

Call of Duty é sem dúvidas o grande motivo da disputa entre Sony e Microsoft pela aquisição da Activision Blizzard. Mesmo tendo sido oferecido um acordo de 10 anos para manter a franquia no PlayStation, parece que a Sony ainda não está satisfeita.

Para Phil Spencer, atual chefe da divisão de jogos da Microsoft, as preocupações e argumentos da Sony para a compra não ser aprovada por causa da franquia Call of Duty nem mesmo fazem sentido, já que ele diz ter afirmado diversas vezes no passado que não iria tirar o jogo do PlayStation.

Para Phil Spencer, tirar Call of Duty do PlayStation não faria sentido, sendo o console onde a franquia é mais popular e tirar ele da plataforma significaria perder bilhões em receita. Além disso, Spencer ainda se comprometeu em não entregar uma experiência pior para os jogadores de PlayStation, lançado exatamente a mesma versão que do Xbox.

Leia Também:

  1. Sony quer que o PlayStation cresça diminuindo o Xbox, afirma Phil Spencer
  2. Xbox All Access chega ao Brasil com Xbox Series S; Confira o preço!

Mas como a Sony está liderando todo o diálogo sobre por que esse acordo não deve ser feito para proteger sua posição dominante no console, o que eles se agarrarão foi ao Call of Duty.

A maior fabricante de consoles do mundo está levantando uma objeção sobre uma franquia que dissemos que continuará a ser lançada na plataforma. É um acordo que beneficia os clientes por meio de escolha e acesso.

Agora restar aguardar uma decisão da FTC, mas caso o órgão regulador entre com uma ação antitruste para barrar a aquisição, a Microsoft já se mostrou pronta para lutar no tribunal para que a compra aconteça.

Fonte: Gamespot
Vinicius
Vinicius #VSDias55

Me segue lá no Twitter:

Vinicius__SD

Equipe do Site, Florianópolis