Análise | Potion Permit

Análise | Potion Permit

Um belo jogo cheio de mecânicas divertidas.
#Análises Publicado por Vinicius, em

Um novo membro de uma cidadezinha rural que precisa começar sua vida do zero. Você provavelmente já viu esse cenários diversas vezes no passado em jogos de simuladores, e embora Potion Permit, o mais novo título da editora PQube, siga esse mesmo caminho, ele consegue se sobressair graças a uma ideia única, colocando você no papel de um médico.

A cidade de Moonbury anda passando por diversos problemas desde que um químico no passado acabou afetando negativamente as plantas do local e até mesmo a saúde dos habitantes. Para auxiliar, a Associação Médica enviou você, para ajudar os habitantes com suas habilidades de medicina, incluindo a filha do prefeito que está doente.

Apesar de vir ajudá-los, Potion Permit traz uma proposta interessante para o gênero, com os habitantes da cidade não confiando em você, indispostos a te ajudar em sua missão. Isso força você a ter que conquistar a confiança deles.

O loop de gameplay de Potion Permite é extremamente satisfatório, consistindo de duas partes: identificação da doença e criação do remédio. Você começa analisando o paciente, atrás de qualquer sinal que possa indicar por qual problema ele está passando.

Essa parte é composto de vários minijogos, como de ritmo. Condições mais avançadas em pacientes acabam trazendo minijogos mais complicados. Após identificar o problema do enfermo, é hora de partir para a criação do remédio.

Para criar um antídoto para o problema que o paciente está sofrendo, será necessário conseguir os ingredientes necessários. A floresta ao redor da cidade possui tudo que você precisa. Após conseguir os itens, você terá que uni-los para criar o remédio através de um minijogo.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy83OS8wNzg3OTAuanBn

A fim de obter os ingredientes, você contará com diversas ferramentas, como machado, martelo e foice, cada um servindo para quebrar algo do cenário e obter o item necessário. Conforme você progride, vai constantemente liberando novas mecânicas. Além de tornar a experiência sempre nova, o jogo ainda consegue fazer de forma gradual, não enchendo o jogador de informações de uma única vez.

Enquanto explora as florestas, os jogadores irão se deparar com diversas ameaças. As criaturas selvagens podem ser enfrentadas usando as ferramentas, e embora o combate não possua uma grande complexidade, ele sabe se manter interessante, com uma boa variedade de mecânicas.

O foco real de Potion Permit é sua vida na cidade. Ajudando os cidadãos, você acaba construindo sua reputação. Sua casa também é personalizável, fazendo você realmente se sentir como parte da comunidade.

Os NPCs oferecem missões, que embora básicas, ajudam a desenvolver sua amizade. Existe também há opção de romance, sendo três femininos e três masculinos, caso você esteja atrás de algo mais do que simples amizade.

A forma de conquistar os NPCs é simples, enquanto outros jogos do estilo apresentam diversas opções de presentes para cada um dos personagens dependendo dos seus gostos, Potion Permit conta com apenas um item de presente universal que funciona para todos. Alguns podem se alegrar com essa simplicidade, enquanto outros talvez prefiram a abordagem mais única onde cada NPC possui um gosto próprio.

Compensando essa falta de complexidade no sistema de relacionamento, o jogo traz uma escrita muito boa, especialmente em seus personagens. Os NPCs possuem uma boa profundidade, tornando-os interessantes de se conhecer.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy83OS8wNzg3OTEuanBn

Se tratando do lado visual, Potion Permit possui um visual belo, mas com uma arte extremamente caprichada que faz ele se destacar no meio de tantos jogos parecidos. Suas animações são muito bem trabalhadas e o design dos personagens é totalmente refrescante.

Talvez um dos grandes problemas que atrapalhem Potion Permit seja sua facilidade. Jogos fáceis não são um problema, mas quando chega em um ponto onde não oferece desafio nenhum ao jogador, pode fazer falta um certo estímulo.

Os combates em suma não costumam ser desafiadores e os minijogos para examinar os pacientes e criar os remédios chega a ser fácil ao ponto de os jogadores dificilmente chegarem a errar. Talvez esse tenha sido o objetivo dos desenvolvedores, criar uma experiência mais relaxante, mas uma opção de desafio maior seria bem-vinda.

As missões dadas pelos habitantes também acabam sendo muito simples, com objetivos que costumam ser apenas pegar algum item específico, sem nenhuma complexidade por trás. No entanto, elas são fáceis de se completar, ocupando pouco tempo dos jogadores e trazendo recompensas que podem ajudar.

Conclusão

Potion Permit é um jogo divertido, que traz alguns aspectos únicos para o estilo simulador. Com belos visuais e animações, o jogo irá agradar a todos os fãs do gênero, especialmente por seus personagens bem interessantes.

Infelizmente aqueles que procuram um desafio podem não encontrar o que esperam, ainda assim é um jogo que veio para se destacar dentro desse gênero pela grande quantidades de mecânicas interessantes e divertidas.

Potion Permit será lançado em 22 de Setembro para Nintendo Switch, PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X/S. O jogo encontra-se localizado em português do Brasil.

8.5
thumb_up
Nota
Um divertido simulador com mecânicas divertidas.
Prós
  1. Várias mecânicas divertidas
  2. Proposta interessante
  3. Visuais e animações belos
  4. Personagens bem escritos e interessantes
  5. Se sente realmente como parte de uma comunidade
Contras
  1. Jogo não apresenta nenhum desafio
  2. Falta de complexidade nas missões
Vinicius
Vinicius #VSDias55

Me segue lá no Twitter:

Vinicius__SD

Equipe do Site, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por coca,
#Games, Por coca,
#Games, Por BillyButcher,
#Games, Por BillyButcher,