Miyamoto odiou a arte de Wind Waker quando viu pela primeira vez

Miyamoto odiou a arte de Wind Waker quando viu pela primeira vez

Desenvolvedor acreditava que ninguém se interessaria e pediu para a equipe mudar os visuais.
#Games Publicado por Vinicius, em

Após vários sucessos como Ocarina of Time e Majora's Mask, a franquia The Legend of Zelda acabou indo por um caminho um pouco diferente no GameCube com Wind Waker, trazendo um gráfico cel-shading.

Muitos fãs na época certamente não abraçaram facilmente essa mudança visual, a qual trocou o estilo mais realista dos anteriores por uma arte mais animada. No entanto, não foi apenas os jogadores que ficaram com o pé atrás inicialmente.

Leia Também:

  1. Nintendo Direct Mini Partner Showcase é anunciada para 28 de junho
  2. Nier Automata pode estar chegando ao Nintendo Switch

De acordo com antigas entrevistas encontradas e traduzidas pelo canal DidYouKnowGaming?, o próprio Shigeru Miyamoto inicialmente não aprovou o estilo de arte usado pela equipe em The Legend of Zelda: The Wind Waker.

Aparentemente o plano original era manter o visual realista de Zelda dos jogos anteriores, mas melhorado para o hardware do GameCube. No entanto, no meio do desenvolvimento acabaram surgindo com a ideia de um visual animado, o que a equipe adorou.

O diretor Eiji Aonuma, já sentindo que Miyamoto não iria gostar do estilo escolhido pela equipe, decidiu mostrar para ele apenas quando o desenvolvimento já estivesse bem avançado, para que não pudessem mais voltar atrás.

Se eu tivesse ido até ele desde o início, acho que ele teria dito: "Como que isso é Zelda?". Miyamoto teve problemas para deixar de lado o estilo de arte realista do Link até o final do desenvolvimento.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMwLmdhbWVyYW50aW1hZ2VzLmNvbS93b3JkcHJlc3Mvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMjEvMDgvd2luZC13YWtlci1tYWpvcmFzLW1hc2suanBn

De acordo com a entrevista, quando Miyamoto viu o jogo pela primeira vez, ele chegou a se sentir envergonhado pelo resultado e afirmou que não iria vender nada com aquele visual. Ele ainda acreditava que dava tempo de refazer os visuais, trocando-os por algo mais realista.

Apesar dos protestos de Miyamoto, a equipe decidiu se manter firme e demonstrou estar confiante no estilo artístico escolhido, decidindo manter o visual. Além disso, a equipe acreditava que não era grande o bastante para fazer um Zelda com visual realista em poucos anos.

Por sorte a equipe seguiu em frente com a arte e o jogo acabou sendo bem recebido pelo público. Em 2013 ainda tivemos The Wind Waker HD, uma versão para Wii U do jogo que trouxe melhorias para o visual, deixando sua arte cel-shading ainda mais bonita.

E você, o que achou da mudança visual em Wind Waker? Gostou ou preferia que tivesse mantido uma arte similar a de Ocarina of Time? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Fonte: Kotaku
Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por DreadnaughtBR,
#Games, Por coca,