Conheça 8 ótimos Jogos de Plataforma para PlayStation 3 lançados em 2008

Procurando Jogos de Plataforma? Separamos para você uma lista com 8 ótimos Jogos de Plataforma lançados em 2008 para PlayStation 3

Como seu nome já deixa claro, Jogos de Plataforma são aqueles que o jogador pula pelos locais em um jogo, com obstáculos e entre outros objetivos ao decorrer da aventura.

Jogos de Plataforma são conhecidos principalmente por serem de navegador ou para mobile. É um gênero bastante recomendado para crianças, mas serve para pessoas de toda a idade, importante é a diversão!

Conheça 8 ótimos Jogos de Plataforma para PlayStation 3 lançados em 2008
Spider-Man: Web of Shadows
Spider-Man: Web of Shadows é um game de Aventura e Luta, pelo estúdio , foi lançado em 21 de Outubro de 2008, estando disponível para PlayStation 2, PlayStation 3, Wii, PlayStation Portable, Computador, Xbox 360, Nintendo DS
Sinopse

Spider-Man: Web of Shadows é um jogo de ação/plataforma no qual você encarna na pela do super-herói mais carismático do universo Marvel, o cabeça de teia em pessoa, o Homem-Aranha.

Desta vez você deve encarar um desafio de proporções extraterrenas, um simbionte alienígena gigantesco, da mesma espécie que se uniu a Peter Parker e mais tarde a Eddie Brock, atacou a cidade de Nova Iorque. Agora a cidade em ruínas precisa de um herói mais do que nunca.

Web Of Shadows faz uso de um sistema de evolução do personagem que irá destravar vários poderes e golpes especiais ao longo da sua jornada, além de introduzir uma nova dinâmica a franquia, conferindo maior liberdade ao jogador, que poderá optar por conduzir suas missões de forma mais altruísta ou um egocêntrica.

Este sistema de interpretação também irá permitir que você faça alianças com outros heróis e até mesmo vilões do panteão Marvel, que estão presentes no jogo.

WALL-E
WALL-E é um game de Aventura e Plataforma, pelo estúdio , foi lançado em 24 de Junho de 2008, estando disponível para PlayStation 2, PlayStation 3, Macintosh, Wii, PlayStation Portable, Computador, Xbox 360, Nintendo DS
Sinopse

Robô deve limpar o lixo gerado pela humanidade no game baseado na animação da Pixar.

Em WALL-E, os jogadores controlam o simpático robozinho que dá nome a obra. Ele é o último sobrevivente de um batalhão dessas máquinas, criadas pelos humanos para limpar a Terra. Séculos de consumismo desenfreado transformaram o planeja num grande lixão, e os humanos tiveram que deixar a Terra.

WALL-E vivia solitário até que se apaixona por EVE, um robô de busca enviado pelos humanos para colher informações. A partir daí, os jogadores passam a alternar entre comandar WALL-E e EVE, numa grande aventura que se estende por dez mundos.

O game, de ação e aventura, conta com a mesma história, localidades e personagens da animação para cinemas, mas também tem eventos extras, que pretendem estender a experiência e ampliar o universo. O título traz várias missões e inimigos perigosos que tentam impedir o pequeno robô de alcançar seus objetivos.

Além de um modo de história, o game também vem com uma série de desafios multiplayer.

Kung Fu Panda
Kung Fu Panda é um game de Aventura e Hack and slash/Beat'em up, pelo estúdio , foi lançado em 3 de Junho de 2008, estando disponível para PlayStation 2, PlayStation 3, Wii, Computador, Xbox 360, Nintendo DS
Sinopse

Com lançamento esperado para 8 de Julho, Kung Fu Panda é um filme de animação computadorizada produzido pela DreamWorks Animation, que estrela um mês antes nos Estados Unidos com as vozes de Jackie Chan, Jack Black, Dustin Hoffmann, Angelina Jolie e Lucy Liu.

Um pouco da história do filme

Po é o nome do panda que protagoniza a história do filme, um animal que adora Kung Fu mas não parece ter as qualidades necessárias para ser um mestre na arte marcial. Além do que, ele é um panda, um animal naturalmente preguiçoso e, digamos assim, um pouco fora de forma.

Um guerreiro mau, chamado Tai Lung há pouco escapara da prisão, e todas as esperanças de salvação foram colocadas sobre uma profecia que nomeava o próprio Po como “O Escolhido” para salvar o dia. Po ainda contará com cinco amigos, cada um deles personalizando uma das técnicas do Kung Fu (tigre, macaco, sepente e louva-deus).

O jogo

Kung Fu Panda - O Jogo, é totalmente baseado no filme, onde uma temática de aventura por diferentes fases levará o jogador por vários cenários que aparecerão nas telas do cinema e alguns outros adicionais.

A visão do jogador é em terceira pessoa, com câmera multidirecional. Como a interface é toda em três dimensões, é possível ter uma perspectiva virtual bastante dinâmica. Os gráficos são boa qualidade mas é claro, limitados aos padrões atuais. O realismo que se encontra nos filmes certamente não existe ainda nos games, mas de forma geral, Kung Fu Panda, The Game, não deixa a desejar.

A jogabilidade é um ponto positivo no jogo, pois a movimentação e os golpes são simples e muito dinâmicos. Há todavia um ponto em que o jogo peca, que é nos pulos: é um pouco difícil subir em caixas e níveis superiores quando se necessita pular; de vez em quando é necessário ajustar a câmera para ajudar. O panda também não segura em bordas e cantos onde há perigo de cair, deixando assim mais um ponto negativo.

Mirrors Edge
Mirror's Edge é um game de Aventura e Luta, pelos estúdios e , foi lançado em 11 de Novembro de 2008, estando disponível para PlayStation 3, Xbox 360, Computador, iOS, Xbox One, Windows Phone Ele pode ser zerado com um tempo médio de: 5h 11min jogando normal, 2h 20min se você for direto nas missões principais rushando, 6h 40min se você jogar de forma completa cumprindo tudo o que for possível.
Sinopse

Mirror's Edge coloca os jogadores no controle da heroína Faith, uma "traceuse" que deve lutar contra um governo opressivo em um mundo minimalista e estéril. "Traceuse" é o nome que se dá a mulher que pratica o Parkour, uma atividade com o princípio de se mover de um ponto para outro da maneira mais rápida e eficiente possível, usando principalmente as habilidades do corpo humano.

Elementos do cenário são constantemente usados por Faith para se locomover com fluidez e velocidade, e em meio a esta jornada pela metrópole ela deverá enfrentar as forças inimigas, sendo possível deixá-los comendo poeira enquanto os contorna, desarmando-os e seguindo seu rumo.

Tomb Raider: Underworld
Tomb Raider: Underworld é um game de Aventura e Plataforma, pelo estúdio , foi lançado em 18 de Novembro de 2008, estando disponível para PlayStation 3, Macintosh, Wii, Computador, Xbox 360, Nintendo DS, PlayStation 2
Sinopse

Tomb Raider: Underworld é o oitavo título da popular série de jogos de aventura, estrelados pela musa virtual Lara Croft. Desenvolvido pela Crystal Dynamics, o jogo é a continuação direta de Tomb Raider: Legend, dando seqüência à trama iniciado no título anterior.

O jogo tem como cenário principal as ruínas do sul do México, onde Lara Croft, renomada arqueóloga britânica, descobre uma série de portais inter dimensionais que a levam para o underworld. Esses portais permanecem abertos por apenas cinco dias, registrados no calendário Maia como Wayeb'.

Entre outras locações estão a Austrália, a misteriosa Ilha de Páscoa, Roma, o Vaticano a região da Mesopotâmia e o Triângulo Dourado, área que compreende os países de Myanmar (Vietnã, Laos e Tailândia), além de uma versão remodelada da Mansão Croft, lar da bela protagonista do jogo.

O jogo conta com gráficos e jogabilidade renovadas, que marcam o terceiro título da franquia para os consoles de sétima geração, sendo Tomb Raider: Legend e Tomb Raider: Anniversary, os outros dois jogos.

Cenários interativos e inteligentes, um novo sistema de combate e itens multifuncionais, e remodelagem completa da personagem principal são apenas algumas das novidades que Underworld apresenta a franquia.

LEGO Indiana Jones: The Original Adventures
LEGO Indiana Jones: The Original Adventures é um game de Aventura e Plataforma, pelo estúdio , foi lançado em 2 de Junho de 2008, estando disponível para Wii, PlayStation 2, PlayStation 3, Macintosh, PlayStation Portable, Computador, Xbox 360, Nintendo DS Ele pode ser zerado com um tempo médio de: 15h 0min jogando normal, 10h 0min se você for direto nas missões principais rushando, 24h 0min se você jogar de forma completa cumprindo tudo o que for possível.
Sinopse

Depois de LEGO Star Wars, é a vez da trilogia de Indiana Jones ganhar seu game bem humorado.

É raro um jogo baseado em filme, com lançamento marcado para coincidir com a estréia nos cinemas e que realmente empolgue, sem dar a impressão de ser um projeto criado às pressas para conseguir alguns trocados. Mas "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" não é um filme qualquer, muito menos "LEGO Indiana Jones", que chega às prateleiras uma semana depois da "premiére" do longa-metragem com uma grande base de fãs conquistada graças aos jogos inspirados na saga "Star Wars".

Tal como "LEGO Star Wars II: The Original Trilogy", o novo jogo baseado nas aventuras do Dr. Jones se apóia apenas nos três clássicos filmes e, assim como a Cantina de Mos Eisley servia como ponte entre os episódios da saga espacial, aqui o Bartlett College, escritório de Indy, faz a ligação entre as três jornadas.

Elementos que fizeram o sucesso dos jogos anteriores continuam presentes, como o forte senso de humor, a busca por moedas e o grande número de itens colecionáveis. A mecânica, entretanto, mecânica foi totalmente refeita para adequar tudo ao estilo Indiana Jones de ser. Em outras palavras, isso quer dizer que os tiroteios ficam em segundo plano para evidenciar as qualidades do herói, dando espaço para maior exploração do cenário, com a resolução de quebra-cabeças - como colecionar peças para consertar seu veículo ou encontrar passagens secretas que levam aos cobiçados tesouros arqueológicos -, além de muitas brigas mano a mano ou com uso do infalível chicote.

Persiste ainda a grande dinâmica entre os personagens, com situações especiais que requerem o uso das habilidades de certas figuras. Praticamente todos aqueles que apareceram nos filmes ganharam clones ao estilo Lego, desde o pai do herói, Henry Jones, até o sujeito com a espada que toma um tiro em "Caçadores da Arca Perdida".

Com isso, há coadjuvantes em número suficiente para o modo cooperativo, sem falar na importância devido à implantação de um sistema de fobias, que impede que Indy, por exemplo, atue em locais que estejam infestados por cobras, levando o jogador a encontrar outro personagem que possa substituí-lo. Cada um tem habilidades exclusivas.

Mega Man 9
Mega Man 9 é um game de Plataforma e Tiro, pelo estúdio , foi lançado em 22 de Setembro de 2008, estando disponível para WiiWare, Wii, PlayStation Network, PlayStation 3, Xbox Live Arcade, Mobile
Sinopse

O criador de Mega Man, Dr. Light é acusado de uma rebelião robótica e Dr. Wily aparenta não ter nenhuma conexão, anunciando inclusive que precisa de doações para completar robôs por ele criado para combater os de Dr. Light. Mega Man precisa lutar para provar a inocência de seu criador e expôr as reais intenções de Wily.

LittleBigPlanet
LittleBigPlanet é um game de Plataforma, pelo estúdio , foi lançado em 27 de Outubro de 2008, estando disponível para PlayStation 3, PlayStation Portable Ele pode ser zerado com um tempo médio de: 100h 0min jogando normal, 8h 0min se você for direto nas missões principais rushando, 1000h 0min se você jogar de forma completa cumprindo tudo o que for possível.
Sinopse

Jogo de plataforma em um mundo expansível, no qual usuários criam suas próprias fases e as disponibilizam na PlayStation Network.

LittleBigPlanet é uma das apostas inovadores e diferentes da Sony. O título, para PlayStation 3, permite ao jogador modificar o cenário e criar as próprias regras do jogo, usando os materiais encontrados no mundo virtual e as habilidades dos personagens.

O conceito por trás do game é similar ao da web 2.0, em que os usuários são o principal agente de criação do conteúdo, como se verifica em serviços como o Wikipedia e o YouTube.

Em LittleBigPlanet, que tem um clima de fantasia, o jogador tem diversas habilidades para interagir com ambiente. Há itens para colecionar e quebra-cabeças, cuja solução requer lógica e colaboração em grupo. Quanto mais explorar o mundo, mais o jogador aumenta sua capacidade de criar e modificar o cenário.

Pode-se mover tudo no ambiente e rearranjar os objetos como desejar. A interface promete ser bem simples, de maneira intuitiva. O mundo criador pode ser compartilhando com outros usuários. No entanto, as fases iniciais já vêm prontas. Não há objetivos ou regras estabelecidas. O próprio jogador pode e deve inventá-los.

Veja outra listas interessantes: